Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1726
Título: Uma Extensão do RUP para o Gerenciamento das Comunicações
Autor(es): Renê Carneiro, Marcelo
Palavras-chave: Gerenciamento de Projetos; Gerenciamento das Comunicações em Projetos; Gerenciamento; Comunicação; Rational Unified Process -RUP
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Renê Carneiro, Marcelo; Perrelli de Moura, Hermano. Uma Extensão do RUP para o Gerenciamento das Comunicações. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: No século que se inicia, o gerenciamento das comunicações em projetos deverá se igualar, em importância, como fator de sucesso no desenvolvimento de projetos, aos gerenciamentos de escopo, tempo, custo e qualidade. Essa é a visão de Adrian Lammi, Presidente do Northeast Ohio Chapter do Project Management Institute (PMI). Esse crescimento, em importância, da gestão das comunicações em projetos tem como aliados, a globalização, o Gerenciamento da Qualidade Total (TQM), os padrões definidos pela International Organization for Standardization (ISO) e o Guia PMBOK. O gerenciamento dos projetos de desenvolvimento de software também deverá dar maior ênfase aos processos de comunicação, fator crucial em projetos intensivos em tecnologia e conhecimento e dependentes da identificação das reais necessidades dos clientes. O Rational Unified Process-RUP, por exemplo, é um framework bastante completo, adota boas práticas de gerenciamento de projetos e é largamente utilizado. Entretanto, apresenta lacunas no que concerne ao processo de gerenciamento das comunicações: esse processo não está sistematizado, é incompleto e fragmentado. Embora a estrutura do RUP já sirva como um canal de comunicação, através da produção, distribuição, atualização, armazenamento e controle de artefatos, há a necessidade, em um processo de desenvolvimento de software, de um melhor gerenciamento dos outros meios de comunicações formais. A comunicação, em projetos pequenos, pode ter como característica mais forte a informalidade, mas em projetos de portes médio e grande necessita ser planejada, coordenada, avaliada e ser objeto de um processo de melhoria contínua, através das lições aprendidas. Além do que, necessita-se, para um gerenciamento eficaz, de uma visão sistêmica dessa área de conhecimento do Guia PMBOK, que pode ser suprida, através da identificação de seus processos e de suas interfaces. Acrescenta-se a essas questões o fato de que a comunicação, como ferramenta estratégica do gerente, está sendo subutilizada no RUP. A ênfase é na sua função informativa. As demais funções da comunicação, identificadas por Lee Thayer: comandar, instruir, influenciar (indireta e encobertamente), persuadir (direta e manifestamente) e integrar, não são tratadas com a relevância que merecem, pois o RUP é muito voltado à área técnica. Nesse contexto, esta dissertação, propõe-se a sistematizar e complementar o processo de gerenciamento das comunicações no RUP, com base no tripé formado pela norma ISO 10006 (diretrizes), pelo Guia PMBOK (definição dos processos, conceitos e procedimentos) e pelo método alemão Metaplan, desenvolvido para a condução de workshops, diminuindo-lhes o custo, através de aumento de produtividade. A idéia central é estender o fluxo de trabalho da disciplina de gerenciamento do projeto do RUP, inserindo o subfluxo gerenciar comunicações do projeto, com atividades de planejamento, como a elaboração de um plano de gerenciamento das comunicações, e de gerenciamento de rotina
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1726
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
mrc.pdf3,72 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.