Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17258
Title: Prospecção da atividade antimicrobiana e citotóxica do gel de quitosana associado com óleo essencial de melaleuca alternitifolia
Authors: DINIZ, Katharina Marques
Keywords: Antibióticos; Biopolímeros; Testes de toxicidade
Issue Date: 25-Mar-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A Resistência bacteriana aos antibióticos é considerada um alarmante problema de saúde pública. Visando o controle dessa situação a Organização Mundial de Saúde preconiza o uso consciente e controlado dos antibióticos. Além disso, a fim de combater cepas bacterianas resistentes é preciso que novos agentes biocidas sejam pesquisados e avaliados quanto a sua atividade antibacteriana. O óleo essencial de Melaleuca alternitifolia ou tea trea oil (TTO) apresenta propriedades biológicas, como atividade antimicrobiana, anti-inflamatória e antiparasitária. O TTO é constituído por monoterpenos e alguns álcoois e cetonos, que podem desencadear reações irritantes. Dessa forma, estudos têm sido realizados a fim de incorporar o TTO a materiais que possam diminuir os efeitos adversos do óleo. Quitosana é um biopolímero atóxico, biodegradável, com atividade antimicrobiana de amplo espectro e que apresenta a capacidade de reduzir a toxicidade de certas substâncias quando associada às mesmas. Neste contexto, o presente estudo objetivou realizar a prospecção da atividade antimicrobiana e citotóxica do gel de quitosana associado ao TTO. As quitosana de alto e de baixo peso molar (QAB) adquiridas da Sigma® foram misturadas nas proporções de 1:1 e diluídas em ácido acético 1% para obtenção de uma solução a 10mg/mL do polímero. A quitosanas obtida foi caracterizada quanto suas características estruturais, grau de desacetilação e peso molar, respectivamente, pelas técnicas de espectrofotometria de infravermelho, ressonância magnetca nuclear de hidrogênio e viscosidade. A quitosana apresentou grupos funcionais característicos do polímero, grau de desacetilação de 80,66% e peso molar de 6,03 x 104g/mol. O TTO foi adquirido da Ferquima®, que disponibilizou sua composição química, tendo como compostos predominantes terpineno-4-Ol e gamma-terpineno. A atividade antimicrobiana da QAB, do TTO e da associação QAB+TTO foi determinada através da técnica de microdiluição, obtendo-se as Concentrações Inibitória Mínima (CIM) e Concentração Bactericia Mínima (CBM), frente as cepas de Staphylococcus aureus e Escherichia coli. Os valores encontrados para CIM e CBM para S.aureus foram, respectivamente, de 4mg/mL para QAB, 13,5mg/mL para TTO e 3mg/mL/13,5mg/mL e de 2mg/mL/9mg/mL para associação QAB+TTO. Em cepas E.coli os resultados de CIM e CBM foram, respectivamente, de 2mg/mL e 4 mg/mL para QAB, 22,5mg/mL e 9mg/mL para TTO e de 1,5mg/mL/6,75mg/mL e 3mg/mL/13,5mg/mL para associação QAB+TTO. A análise para presença de sinergismo entre TTO e QAB foi realizada por planejamento fatorial 22 usando concentrações sub-CIM de ambas as drogas. Verificou-se que a associação foi classificada como indiferente. O potencial irritante das susbtâncias testes foi determinado através do teste da Membrana Corioalontoide do ovo de galinha (HET-CAM) fecundado e incubado por um período de 9-10 dias. Para determinar o grau de irritabilidade pelo HET-CAM, foram observadas a presença de lise, coagulação e hemorragia, até 5 minutos após a exposição às substâncias testes. O TTO1% apresentou-se altamente irritante, enquanto a QAB e a associação TTO/QAB não foram irritantes. Com isso pode-se concluir que mesmo não apresentando sinergismo entre os compostos a quitosana apresentou um importante efeito sobre o TTO, reduzindo o índice de irritabilidade assim como a concentração de TTO necessária para apresentar atividade bactericida frente aos microorganismos testes.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17258
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biotecnologia Industrial

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KATHARINA MARQUES DINIZ_PPGBI 2016.1.pdf1.18 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons