Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17152
Title: O conceito de fraternidade em Totalidade e Infinito e suas implicações para os direitos humanos
Authors: ELAND, Christopher James
Keywords: Levinas. Direitos Humanos. Fraternidade. Sociabilidade. Fenomenologia. Totalidade e Infinito.; Levinas. Human Rights. Fraternity. Sociality. Phenomenology. Totality and Infinity.
Issue Date: 2-Feb-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A presente dissertação tem como objetivo examinar a relação entre o conceito de fraternidade nos primeiros escritos de Emmanuel Levinas, especialmente em Totalidade e Infinito, e suas obras posteriores sobre Direitos Humanos a fim de investigar uma possível fundamentação não liberal para os Direitos Humanos na contemporaneidade. Para tanto, será necessário explicitar como a obra de Levinas sobre a relação ética para com o Outro que fundamenta sua ideia de Direitos Humanos se ancora na relação política para com o terceiro. O conceito de fraternidade, como a não-indiferença universal para com o Outro, implica o conteúdo dessa relação ética que vai além da ética e permeia as categorias tradicionalmente políticas do pensamento filosófico. Assim, através da leitura relacional entre o conceito de Direitos Humanos e o conceito de fraternidade, que toma forma política na figura do terceiro, torna-se claro que a perspectiva de Levinas sobre os direitos como direitos dos outros se opõe a uma leitura liberal do seu trabalho, podendo, portanto, apontar para uma leitura não liberal dos direitos humanos na atualidade.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17152
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Direitos Humanos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_CJEland_DEFINITIVA.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons