Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17151
Title: Estudo de blocos intertravados de concreto para pavimentação de resíduo do polimento do porcelanato.
Authors: NASCIMENTO, Maria Victória Leal de Almeida.
Keywords: Blocos intertravados. Concreto seco. Resíduo do polimento do porcelanato;Concrete interlocking blocks. Dry concrete. Tile polishing residue
Issue Date: 16-Feb-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A utilização de resíduos em materiais cimentícios, tem sido desenvolvida para melhorar a qualidade ambiental, diminuindo os resíduos gerados. O RPP é um resíduo industrial produzido em grande escala pela indústria cerâmica, ele foi utilizado nesse trabalho sendo incorporado em blocos intertravados de concreto. Os blocos intertravados de concreto foram escolhidos dentre os materiais cimentícios, por não ter sua trabalhabilidade comprometida, quando se trata de adicionar um material pulverulento, pois é produzido por vibro-compressão. Foi realizada a otimização do empacotamento dos agregados, para a produção dos blocos intertravados de concreto, através de método matemático. Também foi otimizada, através de método experimental a relação água/cimento. O traço de referência, encontrado após as otimizações, foi 1: 2,68: 2,32 (cimento: areia: pedrisco), com relação água/cimento de 0,45, atendeu as especificações da NBR 9781 (ABNT, 2013), com relação a resistência à compressão. A partir do traço de referência foi realizado o empacotamento matemático para a incorporação do RPP. O resíduo foi considerado como agregado no empacotamento, ele foi incorporado nas seguintes porcentagens: 3% de RPP, 6% de RPP, 9% de RPP, e 12% de RPP, afim de avaliar a influência do resíduo nos blocos intertravados de concreto, nas propriedades do estado endurecido. A presença do RPP, reduziu a absorção de água tendendo a trazer para o admitido pela NBR 9781 (ABNT, 2013), manteve a resistência a abrasão de acordo com as especificações da NBR 9781 (ABNT, 2013), embora tenha prejudicado a resistência a compressão, sendo promissor a sua utilização, em blocos intertravados de concreto, em situações onde não há tráfego de veículos, como em: passeios públicos, praças, parques infantis, áreas que necessitem de drenagem. O traço com a incorporação do resíduo, que de uma forma geral obteve os resultados mais satisfatórios foi o traço 2 (3% RPP), que apesar da resistência à compressão média ter sido de 14,26 MPa menor que o especificado pela norma, apresentou uma taxa de absorção média de 6,60%, e em relação a resistência à abrasão apresentou uma cavidade média de 17,50 mm.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17151
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil e Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Maria Victória Leal de Almeida Nacimento (2016).pdf1.93 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons