Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17037
Title: Desenvolvimento de plataforma nanoestruturada para biodetecção de Leishmania Infantum
Authors: GARCIA, Maria Flávia Karoline dos Santos
Keywords: Leishmaniose Visceral; Diagnóstico
Issue Date: 7-Aug-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Leishmaniose visceral é uma zoonose em crescente expansão no Brasil, causada pela Leishmania infantum chagasi, tendo o cão como principal reservatório em ambiente urbano, mantendo o ciclo de transmissão nesses locais. Esta enfermidade é transmitida pelo flebotomíneo Lutzomyia longipalpis. A síntese de novos materiais híbridos, como o nanocompósito de ouro e polianilina (PANI) tem permitido a obtenção de sistemas com propriedades físico-químicas destacadas. Estes compósito híbridos destacam-se porque são formados da junção de dois ou mais materiais de propriedades diferentes, formando um com melhores propriedades. A modificação da superfície do eletrodo com compósitos híbridos tem levado ao desenvolvimento de sensores eletroquímicos com extrema eficiência. O objetivo deste trabalho foi a avaliação voltamétrica e impedimétrica de um sistema nanoestruturado baseado em PANI-AuNps na presença de K3[Fe(CN)6/K4[Fe(CN)6] (1:1), 10 mM, como par redox, para o diagnóstico de Leishmania infantum. Posteriormente o sistema foi avaliado utilizando-se uma sequência primer específico para L. infantum podendo-se assim avaliar a hibridização da fita complementar. As etapas de modificação do eletrodo são observadas na Espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE) na faixa de frequência de 100 mHz a 100 KHz, através do aumento gradativo do diâmetro do semicírculo de Cole-Cole após a adição dos componentes do sistema. Portanto, foi observado um aumento da resistência de transferência de carga (RTC) devido à adsorção destes componentes. O processo de interação do primer-genoma da L. Infantum foi evidenciado através do aumento da RTC devido ao fenômeno de hibridização das fitas complementares, obtendo como resposta um baixo limite de detecção 0.01 pg mL-1.Como esperado, respostas similares foram observadas através da técnica de Voltametria cíclica (VC) na faixa de varredura -0,2V a 0,7V, onde o eletrodo de ouro mostra correntes de pico anódicas e catódicas bem definidas. Posteriormente, após adsorção do compósito PANIAuNps há redução das correntes, sendo mais expressa após adsorção do primer e do genoma. Além das análises de EIE e VC, utilizamos a MEV onde visualizamos os aspectos mais detalhados da modificação da superfície do sistema. Nossos resultados indicaram uma boa sensibilidade, e desta forma o sistema sensor desenvolvido neste trabalho é uma alternativa viável para a biodetecção de leishmaniose.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17037
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Maria Flávia Karoline dos Santos Garcia.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons