Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17008
Título: Uma trajetória da evitação: o ambiente prostitucional da Praça Bonfim
Autor(es): BEZERRA, Edson José de Gouveia
Palavras-chave: Praça Bonfim; Prostituta; Comunidade prostitucional
Data do documento: Dez-1992
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A condição feminina a que está submetida a mulher prostituta (quando comparada às representações coletivas do feminino) é de uma estigmatização absoluta. De sua morada coletiva - o que estamos denominando de comunidade prostitucional - até o contato com o cliente (seja na transa prostitucional ou mesmo nos contatos informais), se encontra marcado por uma recusa que estamos designando por evitação. Esta monografia teve como proposta demonstrar que a destruição do núcleo residencial mais importante do bairro do Poço, a praça Bomfim, foi conseqüência da evasão da antiga comunidade nativa quando ali se instalou e se desenvolveu um ambiente prostitucional.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17008
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Antropologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
39B574t Dissertação.pdf4,6 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons