Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16965
Título: Contribuição ao Estudo Antropológico do Doador Renal (Pesquisa em um grupo de Doadores Renais do Recife)
Autor(es): VASCONCELOS, Maria Odete de
Palavras-chave: Estudo Antropológico; Doador Renal; Doadores Renais do Recife
Data do documento: 1995
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Esta dissertação tem como objetivo o estudo do doador renal, enquanto indivíduo contextualizado na sociedade e as maneiras como ele representa a dádiva, buscando correlacioná-la com sua biografia. Procura identificar de que modo o dom do rim influiu no seu cotidiano e sua visão de mundo, e analisa os motivos que impulsionaram a doação. Na pesquisa, é dada ênfase á investigação das imagens mais representativas que compõem seu universo simbólico. Foi realizada uma etnografia, e esta foi submetida a dois tipos de interpretação; uma análise compreensiva dos dados etnográficos, e uma análise simbólica dos discursos. Na primeira estratégia metodológica, a realidade objetiva tornou-se evidenciada e foi então submetida a um tratamento analítico que possibilitou interpretar algumas correlações entre o doador e suas categorias sociais, suas relações familiares, e suas relações com o receptor. Na segunda, foi detectado como as imagens se organizam em tomo da dádiva, e o imaginário simbólico pesquisado permitiu vislumbrar de que maneira ele é utilizado para manter os ajustes biopsicossociais, que conferem um equilíbrio dinâmico ao doador. A metodologia empregada permitiu revelar tendências indicativas de que coexistem vários impulsos motivadores, que somados elaboram a força motriz do dom. Em suma, sustenta-se, aqui, que através do discurso do doador renal (linear ou simbolicamente interpretado), é possível sugerir que as razões que levam ao dom extrapolam as explicitamente representadas e valorizadas pelo senso comum. A análise apresentada, neste trabalho, está baseada numa pesquisa realizada entre doadores renais e técnicos relacionados com o transplante no Recife, entre os anos de 1993 e 1994.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16965
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Antropologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
39V331c Dissertação.pdf7,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons