Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16942
Title: Dos sintagmas nominais aos descritores documentais: estudo de caso na indexação de teses e dissertações da área de Direito
Authors: NASCIMENTO, Gustavo Diniz
Keywords: Sintagmas Nominais;Indexação Automática;Recuperação da Informação;Representação da Informação;Seleção de Sintagmas Nominais;Informação Jurídica;Noun phrases;Automatic indexing;Information retrieval;Information organization;Noun phrase selection;Legal information
Issue Date: 20-Nov-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O uso dos Sintagmas Nominais como instrumentos de organização e recuperação da informação digital vem se mostrando uma alternativa promissora para sistemas de informação. Nesse contexto, a indexação automática por meio de Sintagmas Nominais se mostra como uma alternativa que minimiza alguns problemas encontrados na indexação baseada em palavras isoladas, uma vez que os Sintagmas Nominais se constituem em unidades sintáticas que possuem semântica/sentido específico. No entanto, é notório que nem todos os Sintagmas Nominais que se encontram em um documento digital são representativos do mesmo, o que demonstra por sua vez a necessidade de uma seleção dos Sintagmas Nominais que realmente possam funcionar como descritores documentais. Nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo geral investigar a seleção de sintagmas nominais com valor de descritor no contexto do processo de indexação automática por meio de sintagmas nominais de resumos de teses e dissertações em português da área jurídica. Pretende-se: 1. Investigar o processo de indexação automática por meio de sintagmas nominais; 2. Verificar quais são as características de um Sintagma Nominal como valor de descritor documental; 3. Identificar na literatura científica nacional metodologias para seleção de sintagmas nominais em textos em português, bem como os critérios de seleção de cada metodologia; 4. Planejar experimento, onde os Sintagmas Nominais extraídos são categorizados quanto ao atendimento ou não a critérios de seleção propostos na literatura e quanto ao valor como Descritores, quando semelhantes aos descritores documentais resultantes da indexação manual; 5. Avaliar os critérios de seleção na indexação automática por meio de Sintagmas Nominais para teses e dissertações da área jurídica. Para o alcance dos objetivos propostos, fez-se uso de uma pesquisa bibliográfica e de um experimento. A pesquisa bibliográfica permitiu a identificação de pesquisas voltadas para a indexação automática por meio de Sintagmas Nominais, principalmente no que se refere à seleção de Sintagmas que funcionem como descritores documentais. Com base nas leituras dessas pesquisas, puderam-se identificar vários critérios utilizados para a seleção de Sintagmas. O experimento constituiu-se na aplicação dos critérios identificados na literatura aos sintagmas nominais extraídos de um conjunto de resumos de teses e dissertações da área jurídica, com o intuito de mensurar a utilidade ou não desses critérios no que diz respeito à seleção de sintagmas nominais descritores. Assim, realizou-se a indexação manual dos documentos, a extração automática dos Sintagmas Nominais constituintes dos mesmos, a categorização dos sintagmas nominais como descritores com base na semelhança aos descritores documentais advindos da indexação manual e a aplicação dos critérios de seleção aos sintagmas nominais extraídos. Por meio do experimento, foram percebidos comportamentos distintos entre cada critério, onde a maioria foi considerada útil para a seleção de sintagmas nominais.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16942
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciência da Informação



This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons