Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16928
Title: Intervenções educativas para promoção da amamentação direcionadas à mulher e sua rede social
Authors: OLIVEIRA, Isabella Beatriz Barbosa
Keywords: Aleitamento Materno;Apoio Social;Promoção da Saúde;Educação em Saúde;Enfermagem
Issue Date: 27-Feb-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A amamentação é uma relação humana, a qual está inserida na cultura e submetida à esfera social, transcendendo o aspecto nutricional. Para a manutenção do aleitamento materno, a mulher necessita do apoio de pessoas significativas para ela, que compõem a sua rede social. Os profissionais da saúde possuem papel fundamental na promoção do aleitamento materno, sendo a educação em saúde um fator de proteção para a amamentação. O reconhecimento de intervenções educativas eficazes na promoção dessa prática pode direcionar as ações em saúde. Assim, o objetivo desta dissertação, em formato de artigos, foi determinar a efetividade das intervenções educativas direcionadas à mulher e sua rede social para a promoção do aleitamento materno exclusivo aos seis meses de idade da criança. O artigo de revisão integrativa objetivou identificar os tipos de apoio à nutriz presentes nos estudos de revisão para a promoção do aleitamento materno. A busca foi realizada nas bases de dados LILACS, MEDLINE, CINAHL, PubMed, BDENF, Web of Science, Scopus, DARE, JBI, Bandolier e Clinical Evidence e nas bibliotecas eletrônicas Cochrane e Scielo, utilizando os descritores “Aleitamento Materno”, “Promoção da Saúde” e “Revisão” e seus correlatos em inglês. Os quinze estudos que compuseram o corpus desta revisão foram classificados de acordo com a hierarquia metodológica e analisados quanto aos tipos de apoio à nutriz (emocional, instrumental, informativo, presencial e autoapoio) contemplados nessas atividades. Concluiu-se que os estudos de revisão não têm contemplado os cinco tipos de apoio de que a nutriz necessita. O artigo de revisão sistemática foi construído com base nas diretrizes do Joanna Briggs Institute. A busca foi realizada em bases de dados (LILACS, PubMed, Science Direct, Scopus, CINAHL, Web of Science e Biblioteca Cochrane), listas de referências e na literatura cinzenta. Os estudos foram selecionados por dois revisores de forma independente, sendo as discordâncias solucionadas por meio de reuniões de consenso. A seleção das pesquisas ocorreu por meio das etapas de leitura dos títulos, resumos e textos completos. Para avaliação dos estudos e extração dos dados, utilizaram-se instrumentos adaptados do software JBI-MAStARI. A metanálise foi realizada com o software Stata versão 13.0. O efeito foi estimado pelo odds ratio, com intervalos de confiança de 95%. A heterogeneidade foi mensurada com os testes do Qui-quadrado e do I-quadrado de Higgins. Dos 7201 estudos identificados, 11 compuseram o corpus da revisão sistemática. As intervenções educativas foram cerca de duas vezes mais efetivas quando comparadas com as intervenções de rotina empregadas nos grupos controle, entretanto a maioria era voltada apenas à mulher. O estudo com o melhor resultado teve como base o passo dez da Iniciativa Hospital Amigo da Criança, que corresponde a 9 formação de grupos de apoio à amamentação, encaminhando as mães a esses grupos na alta hospitalar. Apesar do êxito dessas intervenções, o seu impacto poderia ser ampliado se os profissionais da saúde envolvessem a rede social. Assim, observa-se a necessidade de novos estudos que apliquem intervenções que contemplem a mulher e sua rede social desde o pré-natal até a puericultura, considerando todos os tipos de apoio.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16928
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Isabella Beatriz Barbosa Oliveira.pdf1.53 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons