Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16911
Title: Controle do aporte de fósforo no reservatório de Itaparica localizado no semiárido nordestino
Authors: Nailza Oliveira de, Arruda
Keywords: Agricultura irrigada;Drenagem agrícola;Gestão ambiental;Irrigated agriculture;Agricultural drainage;Environmental management
Issue Date: 15-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O aporte de nutrientes é um dos fatores determinantes para estabelecer o estado trófico de reservatórios. O fósforo é o elemento nutrício limitante na produção primária da maioria desses ecossistemas aquáticos, o que torna seu controle muito importante para a gestão ambiental. A análise integrada dos teores, formas e efeitos do fósforo nas águas e sedimentos de fundo dos reservatórios, consiste numa ferramenta poderosa quando considera informações relacionadas às práticas adotadas para implantação e suporte das atividades econômicas desenvolvidas no entorno ou dentro dos reservatórios. No semiárido brasileiro, reservatórios artificiais de grandes dimensões são utilizados prioritariamente para abastecimento humano, produção de hidroeletricidade, agricultura irrigada e mais recentemente, a piscicultura intensiva vem se consolidando como arranjo produtivo importante na geração de trabalho e renda para população local. Neste contexto, a adoção de práticas sustentáveis desde a concepção dessas atividades econômicas, ganha cada dia mais destaque na gestão de perdas de nutrientes, contribuindo para redução do aporte para os reservatórios e dos riscos de eutrofização cultural desses corpos hídricos. Esta pesquisa tem como objetivo apresentar estratégias para minimizar o aporte de nutrientes em reservatórios, utilizando o fósforo como elemento de controle e possibilitando ao gestor a realização de análise integrada às atividades econômicas. Para isso, utilizou-se como área de estudo o Perímetro Irrigado de Icó-Mandantes, inserido nos municípios de Petrolândia e Floresta, no entorno do reservatório de Itaparica, localizado no trecho Submédio do rio São Francisco. Para atingir este objetivo, foi realizada uma avaliação integrada das atividades antrópicas instaladas na margem pernambucana do reservatório. Inicialmente, foi avaliada a qualidade da água de drenagem agrícola oriunda do Perímetro Irrigado de Icó-Mandantes, em seguida foi realizado caracterização das principais fontes pontuais e difusas de fósforo. Também foi verificada a ocorrência de fósforo no sedimento de fundo da Baía de Icó-Mandantes e a avaliação foi complementada com o levantamento do perfil socioeconômico dos agricultores sobre as práticas adotadas para fertilização do solo. Como resultado, obteve-se uma água de drenagem agrícola com concentrações de fósforo dentro de padrões aceitáveis. Quanto aos sedimentos de fundo, as quantidades representativas de fósforo se encontram nas formas adsorvidas e não biodisponíveis à curto prazo. Em geral, os agricultores têm baixa escolaridade e desenvolvem práticas inadequadas para de fertilização do solo. Foram propostas estratégias de controle do aporte de fósforo baseadas em boas práticas de manejo e manejo integrado de nutrientes para as atividades de agricultura irrigada e piscicultura em tanques-rede. Os resultados obtidos confirmaram a hipótese de que as práticas adotadas para fertilização do solo, a piscicultura desenvolvida em tanques-rede e o lançamento de esgotos sanitários aumentam o risco de eutrofização dos reservatórios pela contribuição do aporte de fósforo na água e nos sedimentos de fundo.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16911
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Biologia Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE (NAILZA ARRUDA) VERSÃO FINAL.pdf5 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons