Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1691
Título: O processo da cristalização da intenção do voto: sob a ótica da Teoria dos Custos de Transação-ECT
Autor(es): Miyachi, Clovis Tatsumi
Palavras-chave: Teoria dos Custos de Transação;Cristalização;Voto
Data do documento: 2003
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Tatsumi Miyachi, Clovis; Zaidan Filho, Michel. O processo da cristalização da intenção do voto: sob a ótica da Teoria dos Custos de Transação-ECT. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Resumo: Atualmente, a crescente competitividade eleitoral, motivada pelo comportamento utilitarista e do voto personalizado do eleitor, exige uma nova leitura do mercado eleitoral e do voto . Mercado este, imperfeito, constituído de informação incompleta e assimétrica, marcado pela existência da racionalidade limitada e oportunismo, gerando acontecimentos futuros com risco e incerteza. Com isso, nada garantindo que as ações tomadas buscando um resultado favorável, resultarão em sucesso eleitoral. Presentemente, para assegurar o sucesso eleitoral nesse novo mercado eleitoral e do voto é importante conhecer como os candidatos, no período eleitoral, se organizam e atuam na abordagem do eleitorado, o tipo de estrutura de campanha que são montadas para capturar o voto, os tipo de transações que são realizadas entre os agentes e seus custos, entre outros. Para compreensão do processo da cristalização da intenção do voto, será efetuada uma abordagem microeconômica da eleição. Dessa forma, essa dissertação tem como unidade de pesquisa as eleições pernambucanas de 1990 a 2002, efetuando o alinhamento entre o candidato, eleitor e o mercado sob a ótica da teoria econômica nova economia institucional NEI e sua vertente, a economia dos custos de transação ECT, formulada por Douglass North, Ronald Coase e Oliver Williamson. A pesquisa busca, assim, verificar a relação entre as categorias analíticas instituição, firmas, racionalidade limitada, oportunismo, especificidade dos ativos, freqüência, incerteza e estrutura de governanças e o processo da cristalização da intenção do voto, explicando as razões pela quais determinado candidato obtém sucesso no resultado eleitoral e outros não
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1691
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência Política

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4962_1.pdf352,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.