Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1687
Title: Validação de método espectrofotométrico UV para determinação do derivado acridínico LPSF/AC-04 em lipossomas
Authors: de Siqueira Ferraz, Rafaela
Keywords: Devirado acridínico LPSF/AC-04;Lipossomas;Espectrofotometria;UV e Validação
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Siqueira Ferraz, Rafaela; Stela Santos Magalhães, Nereide. Validação de método espectrofotométrico UV para determinação do derivado acridínico LPSF/AC-04 em lipossomas. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Os derivados acridínicos têm despertado a atenção de vários pesquisadores por apresentarem um amplo espectro de atividades biológicas, como atividade antibacteriana, antimalárica, antitripanossômica, leishmanicida, antiviral e mais recentemente por sua atividade antitumoral. O LPSF/AC-04 é um derivado tiazacridínico e caracteriza-se por ser um pó amorfo, amarelo-esverdeado, de peso molecular 410 g/mol, com ponto de fusão igual a 199°C e uma baixa solubilidade em água, característica essa que dificulta sua utilização terapêutica. Sendo assim, a incorporação deste fármaco em sistemas de liberação controlada, tais como, os lipossomas, torna-se uma alternativa viável para sua utilização. O controle de qualidade de fármacos puros e em formas farmacêuticas é realizado por métodos oficiais ou validado. A espectrofotometria é uma técnica analítica bastante conveniente, muito utilizada em laboratórios de controle de qualidade, devido à sua simplicidade, baixo custo e larga disponibilidade. Assim, o presente estudo visou o desenvolvimento de um método analítico, para a quantificação do LPSF/AC-04 por espectrofotometria-UV, aplicado ao fármaco e dele nanoencapsulado em lipossomas. Inicialmente, um método espectrofotométrico UV para o doseamento do LPSF/AC-04 em lipossomas foi desenvolvido avaliando os seguintes parâmetros preconizados pelo ICH: linearidade, precisão, exatidão, robustez e limites de detecção e quantificação. O LPSF/AC-04 foi determinado em metanol a 250 nm, onde o coeficiente de absortividade (ε) encontrado foi 7,60 × 104 L.mol−1.cm−1. O método espectrofotométrico para determinação do LPSF/AC-04 em lipossomas foi linear na faixa de concentração de 0,3 a 2 μg/mL Absorbância = 0,18068 x [LPSF/AC-04] (μg/mL) + 0,00348 e o coeficiente de regressão encontrado foi (r2 = 0,9995). O método proposto foi sensível para os limites de detecção e quantificação foram de 0,047 e 0,143 μg/mL, respectivamente. O método se mostrou preciso, já que todas as amostras analisadas apresentaram coeficiente de variação menor que 5 % e estatisticamente não houve diferença entre as concentrações teóricas e práticas. O método se apresentou robusto, sem diferenças estatisticamente significativas frente à variação do fabricante do solvente e da temperatura. Na exatidão foi possível observar a recuperação do fármaco que variou entre 99,4 ± 0,67 % a 100,5 ± 1,91% estando dentro dos limites recomendados. O teor e a eficiência de encapsulação do LPSF/AC-04 em lipossomas foi de 104,44 ± 1,56% e de 99,68 ± 0,24%, respectivamente. O método analítico proposto mostrou-se, portanto, simples, rápido, exato, preciso e de baixo custo podendo ser utilizado para análises de rotina do LPSF/AC-04 matéria prima e em formulações farmacêuticas, como por exemplo, os lipossomas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1687
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2772_1.pdf1.2 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.