Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16758
Título: Otimização das condições para superexpressão em Escherichia coli de proteínas quiméricas com potencial para diagnóstico da leishmaniose visceral
Autor(es): SANTOS, Wagner José Tenório dos
Palavras-chave: Diagnóstico; proteínas quiméricas; leishmaniose visceral; Diagnosis; chimeric proteins; visceral leishmaniasis
Data do documento: 6-Mar-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A abordagem mais promissora para um diagnóstico eficaz da Leishmaniose Visceral (LV) utiliza ensaios sorológicos com proteínas recombinantes, pois apresentam grande sensibilidade e especificidade, associados a baixo custo e fácil execução. Misturas de alguns antígenos geram resultados mais promissores, contudo, a produção destas aumenta os custos e dificulta a padronização. É ideal a produção de uma única proteína quimérica que apresente boa sensibilidade e seja eficiente no diagnóstico das formas humana e canina da LV. Este estudo objetivou avaliar as condições para expressão em Escherichia coli de genes sintéticos codificando proteínas quiméricas compostas por regiões selecionadas de antígenos previamente identificados de Leishmania infantum. Quatro genes, contendo os mesmos antígenos em diferentes combinações, foram otimizados para expressão em procariotos e sintetizados. Sítios internos de restrição foram incluídos nas sequências de forma a permitir a eliminação seletiva de segmentos específicos e se avaliar o efeito na expressão bacteriana da presença de diferentes regiões antigênicas, bem como de um peptídeo estimulador da tradução. A expressão das proteínas geradas foi então avaliada através de ensaios de Western Blot. Os resultados obtidos mostraram uma expressão equivalente, porém limitada, das diferentes proteínas quiméricas, independente da sua composição antigênica. Proteínas menores tiveram resultados mais promissores na expressão e o peptídeo estimulador da tradução foi essencial para otimizar essa expressão, porem ainda faz-se necessário mais estudos avaliando a sensibilidade e especificidade dessas proteínas para o diagnóstico da LV.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16758
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Genética

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Final Dissertção.pdf2,56 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons