Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16752
Título: Estímulos racional e hedônico de sustentabilidade na comunicação de destinos turísticos: o papel moderador das emoções, envolvimento e consciência ecológica sobre a intenção comportamental
Autor(es): MELO, Francisco Vicente Sales
Palavras-chave: Sustentabilidade; Turismo; Ecoturismo.
Data do documento: 20-Mar-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: O objetivo desta tese foi identificar qual o efeito dos estímulos racionais e hedônicos de sustentabilidade inseridos em comunicações de destinos turísticos de lazer, moderados pelas emoções, envolvimento e consciência ecológica, sobre a intenção comportamental de visitar um destino turístico por parte do consumidor. A tese enfatiza a importância dos estímulos racionais e hedônicos nas comunicações de destinos turísticos, bem como as variações entre o tipo de estímulo de sustentabilidade e a essência prática da atividade turística, quando a finalidade é ativar as emoções e o envolvimento do consumidor para a sustentabilidade do local, principalmente para aqueles com baixa consciência ecológica. Foram realizados quatro estudos de natureza experimental, onde inicialmente verificaram-se os efeitos dos estímulos sobre a intenção e, em seguida, o efeito da moderação das respostas emocionais, do envolvimento e consciência ecológica nessa relação. Para cada experimento, foi utilizado um tipo de destino como cenário, sendo o primeiro e o quarto de aventura, o segundo religioso e o terceiro ecológico. Os estímulos foram manipulados por meio de mensagens textuais inseridas em seis comunicações (duas para cada contexto), sendo que cada participante foi apresentado a apenas uma condição manipulada (between groups). Os resultados indicam que o efeito dos estímulos racionais e hedônicos de sustentabilidade sobre as respostas emocionais e envolvimento e, consequentemente, sobre a intenção comportamental do consumidor varia de acordo com o tipo de turismo e suas características essenciais. Apesar de a literatura indicar que a comunicação racional é mais efetiva para um produto racional e a hedônica mais efetiva para um produto emocional, esta tese revela que para os serviços, aqui o turismo, esta relação é variável, sendo a essência da atividade turística aspecto determinante da efetividade do estímulo de sustentabilidade nas comunicações. Destaca-se que os estímulos hedônicos de sustentabilidade inseridos nas comunicações de turismo de lazer, como o de aventura, geram emoções mais positivas, maior envolvimento e, em decorrência disso, maior intenção de visitar o local por parte dos consumidores, principalmente naqueles com baixa consciência ecológica; resultado esse diferente para o turismo religioso e ecológico.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16752
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese 08.06.15 Versão Final.pdf3 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons