Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16527
Title: Aprimoramento do clima de ondas do SMC como subsídio ao estudo da erosão no litoral de Pernambuco
Authors: Gomes Junior, Gabriel D’Annunzio
Keywords: Ondas; Erosão Costeira; Ondógrafo; SMC; Clima de ondas; Particionamento; Waves; Coastal erosion; Wave buoy; SMC; Partitioning
Issue Date: 26-Aug-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Existe uma crescente atenção voltada para o tema erosão costeira, devido principalmente à mudança climática de causas antrópicas, que está induzindo ao lento e gradual aumento do nível dos oceanos de forma irreversível a curto prazo, de acordo com a grande maioria dos cientistas do clima. Outro fator que influencia no aumento do risco de erosão costeira é a ocupação antrópica desordenada da área de pós-praia, que serve como proteção natural, bem como reserva de sedimentos para a área de praia, e que está constantemente sendo modificada pela ação das ondas e da corrente costeira. Este trabalho possui dois focos principais que estão interconectados. O primeiro trata do estudo de um caso de intervenção antrópica numa área de praia altamente suscetível à erosão costeira, numa zona urbana densamente povoada no litoral da zona metropolitana do Recife. Esta intervenção consiste na construção de um quebra-mar, com a intenção de proteger esta área de praia resultou na transferência da problemática da erosão costeira para a praia ao Norte. Numa segunda tentativa de resolver o problema, foi adotada uma terceira configuração que aparentemente teve um impacto positivo na prevenção da erosão costeira. Estudou-se os três cenários de configuração deste quebra-mar, utilizando-se de um pacote de software de simulação de ondas, correntes costeiras e transporte de sedimento, com o objetivo específico de se estudar, testar e encontrar soluções que possam eliminar a erosão costeira. O segundo foco deste trabalho trata-se de estudar o clima de ondas da região, através de medições feitas por um ondógrafo direcional durante um período de três anos. Para esta finalidade, desenvolveu-se uma metodologia de classificação das ondas a partir do espectro direcional, obtido através das medições, de forma a se distinguir com mais clareza as características de cada sistema de ondas que fazia parte deste espectro. Após esta etapa foi feita uma comparação entre o clima de ondas obtido através das medições, com o clima de ondas que faz parte da base de dados que acompanha o pacote de software utilizado na primeira etapa deste trabalho, de forma a validar o uso do software como uma ferramenta confiável no estudo do impacto da erosão. O resultado da comparação foi que o software possui uma base de dados confiável, mas que precisa de alguns ajustes para obter uma melhor descrição do clima de ondas da região.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16527
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Oceanografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Mestrado_Gabriel_Dannunzio_Gomes_Junior.pdf5.32 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons