Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16426
Título: Rotatividade de pessoal na Universidade Federal de Pernambuco
Autor(es): RODRIGUES, Germana Barros
Palavras-chave: Desligamento de Pessoal; Motivação; Instituição de Ensino Superior; Victor Vroom; Personal Resignation; Motivation; Higher Education Institution
Data do documento: 26-Mai-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Com a transição da Administração Pública Burocrática para a Administração Pública Gerencial, o setor público tem passado por mudanças que reforçaram a necessidade de estudos sobre seus servidores. O novo perfil destes servidores, constituído a partir da profissionalização da burocracia e da instituição da seleção meritocrática e universal, tem preocupado os gestores no que tange ao fenômeno da rotatividade de pessoal, principalmente em decorrência da motivação dos servidores em relação ao trabalho. Diante deste panorama, definiu-se como objetivo geral da pesquisa verificar os aspectos motivacionais que impactaram no desligamento voluntário dos servidores estatutários (docentes e técnicos administrativos) da Universidade Federal de Pernambuco, no período de 2010 a 2013. E para o alcance deste objetivo foram estabelecidos quatro objetivos específicos: a) traçar o perfil dos servidores que se desligaram voluntariamente da UFPE no período de 2010 a 2013, realizado a partir de dados disponibilizados pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida da UFPE; b) calcular a taxa de rotatividade de pessoal nos setores da UFPE, a partir do número de desligamentos voluntários, no período de 2010 a 2013; c) identificar os principais fatores que influenciaram os servidores da UFPE a solicitar desligamento, a partir da análise de sua motivação para o trabalho, à luz da Teoria de Victor Vroom, realizado a partir de questionários aplicados a servidores que se desligaram da UFPE no período do estudo, com base na revisão de literatura e na Teoria da Expectativa; e d) verificar a percepção de gestores de pessoal da UFPE acerca da rotatividade de servidores na instituição, realizado a partir de questionários aplicados a gestores de pessoal da PROGEPE/UFPE. Trata-se de uma pesquisa de natureza quantitativa e qualitativa, que utilizou a estatística descritiva e a análise de conteúdo, tendo a UFPE como estudo de caso. A partir de seus resultados, foi constatado o baixo nível de satisfação com o trabalho dos servidores que se desligaram da UFPE, endossando a relação inversa entre satisfação e probabilidade de desligamento voluntário. Foi observado também que as principais causas para o desligamento de pessoal da UFPE são referentes às questões financeiras, quais sejam: salário e benefícios e plano de cargos e carreiras; entretanto, foram apontados alguns fatores que podem ser melhorados em decorrência de ações desenvolvidas pela UFPE, tais como: condições do local de trabalho; ambiente de trabalho/ clima organizacional; melhoria na alocação de servidores ingressantes na instituição; criação de canais de comunicação com servidores e candidatos a concursos da UFPE, entre outros.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16426
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Germana 18-10-15 Revisado VF.pdf2 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons