Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16397
Título: Explorando informação relacional para análise de sentimentos em redes sociais
Autor(es): RABELO, Juliano Cícero Bitu
Palavras-chave: Classificação Coletiva; Redes sociais; Processamento de linguagem natural; Collective classification; Social networks; Natural language processing
Data do documento: 25-Ago-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A web, inicialmente um mero repositório de informações estáticas, transformou-se numa enorme fonte de aplicações diversas, proporcionando ou fomentando entretenimento, negócios e relacionamentos. Com essa evolução, a web passou a conter uma enorme quantidade de informações valiosas sobre produtos e serviços, especialmente em sites de compra, sites específicos para avaliação de produtos e até mesmo em redes sociais. Com as ferramentas adequadas, é possível monitorar opiniões ou mensurar a aceitação de um objeto qualquer a partir de dados disponíveis online, ao invés de realizar pesquisas de opinião usuais, que são demoradas, trabalhosas, tem alto custo e alcançam um número bastante restrito de pessoas. Com o monitoramento online, todo o processo de consolidação de opiniões pode ser realizado de forma automática, oferecendo um feedback imediato e mais representativo sobre o objeto avaliado. O problema geral desta proposta de tese é a classificação dos usuários de acordo com suas opiniões sobre um objeto de interesse. Comumente, a classificação das opiniões emitidas por um dado usuário é feita através da classificação de sentimentos expressos em textos, postagens ou comentários. Se a classificação de opiniões, no entanto, for realizada em ambientes nos quais haja conexões entre seus usuários (como as redes sociais), uma nova dimensão de informação se apresenta: através da análise dos relacionamentos, é possível inferir as opiniões de usuários a partir da opinião de seus contatos. A abordagem proposta neste trabalho para realização de análise de sentimento em redes sociais é baseada no princípio da assortatividade, que estabelece que indivíduos tendem a se conectar a outros com os quais apresentam alto grau de semelhança. A partir desse conceito, são aplicadas técnicas de classificação coletiva sobre o grafo que representa a rede social. A intenção é explorar o fato de que a classificação coletiva não utiliza apenas as características locais dos nós no processo de inferência, mas também as características e classes dos nós relacionados. Além disso, a classificação é executada de forma simultânea sobre todas as instâncias, o que permite considerar as influências que cada instância exerce sobre outras às quais está relacionada. Para avaliação da viabilidade do método proposto, foi implementado um protótipo que usa um algoritmo de relaxation labeling para a classificação coletiva de opiniões de usuários, e foi desenvolvido um estudo de caso para predição de preferência política de usuários do Twitter, que alcançou resultados promissores.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16397
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_jcbr_201511.pdf2,29 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons