Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16318
Título: Identificação de novos genes e SNPs relacionados ao mal de Parkinson e doenças relacionadas através de GWAS
Autor(es): CARVALHO, Rebecca Cristina Linhares de
Palavras-chave: SNP; GWAS; Doença de Parkinson; SWEDDs; Parkinsonismo; SNP; GWAS; Parkinson’s disease; SWEDDs; Parkinsonism
Data do documento: 25-Fev-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Parkinsonismo é uma síndrome neurológica em que os neurônios que normalmente produzem o hormônio chamado dopamina se deterioram, causando a perda de controle progressivo do movimento (ex. bradicinesia, a rigidez muscular, o temor de repouso e os reflexos posturais prejudicados). Um mal com sintomas semelhantes ao parkinsonismo é a síndrome ScansWithout Evidence of Dopaminergic Deficits (SWEDDs), na qual os pacientes não apresentam evidências de déficit de dopamina. As causas de parkinsonismo primário como a doença de Parkinson (DP), bem como SWEDDs, não são completamente conhecidos. Os estudos de associações no genoma completo (Genome-wide association studies - GWAS) têm proporcionado ganhos tangíveis para a compreensão da arquitetura genética de doenças complexas, trazendo contribuições consistentes e importantes para DP. GWASs foram realizados no passado com os dados de DP com resultados que influenciaram fortemente desenvolvimentos posteriores. Nesse trabalho, nós desenvolvemos um estudo sobre fatores genéticos que possam contribuir para o entendimento da ocorrência da DP e SWEDDs. Para isso, nós usamos o conjunto de ferramentas de análise de associação envolvendo estudo de caso-controle do método PLINK para executar GWASs, a fim de identificar SNPs que estão associados à DP e SWEDDs. Para fixar o nível de significância dos nossos resultados, nós optamos por usar somente dados reais fornecidos por Parkinson’s Progression Markers Initiative (PPMI). O PPMI é um consórcio internacional projetado para identificar biomarcadores de progressão da DP, tanto para melhorar a compreensão da etiologia da doença, como para fornecer ferramentas cruciais para aumentar a probabilidade de sucesso na elaboração de novos ensaios terapêuticos para DP. Na análise de associação, feita com dados genótipos de três grupos de indivíduos (indivíduos saudáveis, indivíduos com DP e indivíduos com SWEDDs), recuperamos SNPs que mostram forte ligação com PD e SWEDDs, alguns deles já associados na literatura científica com a DP ou a outras doenças degenerativas. Mas, também encontramos cerca de 60 SNPs que não estão relatados na literatura, que mostram evidências de serem fortemente relacionadas com a propensão para DP ou SWEDDs. Estes resultados apresentam alvos promissores para futuros estudos genômicos e podem contribuir para o entendimento da ocorrência da DP e SWEDDs. Curiosamente, embora SWEDDs seja uma doença clinicamente ligada a DP por uma série de sintomas comuns, os SNPs recuperados com as melhores classificações a partir do conjunto de dados DP não faziam parte do conjunto de dados SWEDDs, e vice-versa, o que sugere que esses dois conjuntos de marcadores poderiam ser mais cuidadosamente explorados nos estudos genômicos como SNPs comuns de interesse para as duas doenças.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16318
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Rebecca Cristina Linhares de Carvalho, 2015.pdf1,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons