Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1608
Title: Avaliação microbiológica e fitotóxica do chorume da Estação de Tratamento do Aterro da Muribeca-PE
Authors: Cristina Mota Lins, Manuela
Keywords: Microbiologia; Resíduos Sólidos
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Cristina Mota Lins, Manuela; Magali de Araújo, Janete. Avaliação microbiológica e fitotóxica do chorume da Estação de Tratamento do Aterro da Muribeca-PE. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia de Produtos Bioativos, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: O Aterro da Muribeca, localizado na Região Metropolitana do Recife, ocupa cerca de 60ha e diariamente são depositados 3000ton de resíduos sólidos urbanos. Nesta área foram construídas 9 células em camadas, as quais são revestidas por uma camada de solo impermeabilizante onde o lixo é depositado e compactado, ocorrendo todo processo de metabolização e degradação microbiana, gerando o chorume ou percolado. O chorume é tratado através da recirculação e da Estação de Tratamento de Chorume (ETC) que utiliza lagoas de estabilização (Lagoa de Decantação, Lagoa Anaeróbia, Lagoas Facultativas e Lagoa do Sistema Bioquímico). Este trabalho teve por objetivo avaliar através de análises microbiológicas e fitotóxicas a evolução do processo de estabilização do chorume, na entrada e na saída da Estação. A quantificação de bactérias do grupo Coliforme, Desnitrificantes e Nitrificantes foi realizada através da Técnica de Tubos Múltiplos, segundo Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater, (1998). Os ensaios fitotóxicos foram realizados utilizando-se sementes repolho (Brassica oleraceae), segundo Tiquia et al., (1996). O Número Mais Provável (NMP) de bactérias desnitrificantes na entrada e na saída variou de 2,4x103 a 2,4x104. Com relação às bactérias nitrificantes foi observada uma baixa contagem durante o período de análises, com exceção do mês de janeiro/2005. Quanto a ocorrência de Coliformes Totais e Termotolerantes foi observado que após o mês de junho/2004 ocorreu grande diminuição, tanto na entrada como na saída das lagoas da Estação. O Teste de Fitotoxicidade mostrou que o chorume é altamente fitotóxico e só a partir da diluição de 1:10 é que foi observada germinação das sementes de repolho (Brassica oleraceae)
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1608
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biotecnologia Industrial

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4492_1.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.