Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1603
Título: Proposta de um modelo de arquitetura biométrica para identificação pessoal com estudo da dinâmica da digitação
Autor(es): BOECHAT, Glaucya Carreiro
Palavras-chave: Biometria;Reconhecimento de Padrões;Dinâmica da Digitação
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Carreiro Boechat, Glaucya; Costa de Barros Carvalho Filho, Edson. Proposta de um modelo de arquitetura biométrica para identificação pessoal com estudo da dinâmica da digitação. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: A sociedade atual vem passando por muitas transformações, uma delas sendo o aumento da busca por mais seguranca, levando as pessoas cada vez mais à situações em que são obrigadas a ter que provar sua identidade. A prevalência destas situações pode ser observada em ações do dia a dia, como na utilizacao de assinaturas ou na apresentação de documentos pessoais. Uma forma de se provar a identidade de uma pessoa é a utilização de características pessoais mensuráveis, como por exemplo uma medida fisiológica ou comportamental. Isto é chamado de prova por biometria. Utilizando-se desta, pode-se distinguir de forma confiável um ser humano dos demais. Por ser uma característica pessoal, esta mostra-se mais difícil de ser roubada, perdida ou esquecida, além ser um método mais confiável e seguro do que métodos convencionais. Dentro desse contexto, é proposto um modelo de arquitetura biométrica que utiliza diversas métricas para realizar a tarefa de reconhecimento e autenticação pessoal. Este ambiente permite que diferentes métodos biométricos possam ser utilizados para identificação pessoal através do acoplamento de módulos independentes, sejam eles referentes à autenticação de identidade mediante a dinâmica da digitação, impressões digitais, face, etc. A dinâmica da digitação é o módulo desenvolvido neste trabalho, sendo o processo de investigar o ritmo de digitação da pessoa. Através do monitoramento das entradas do teclado durante a digitação de um texto são extraídas as seguintes características: o tempo de pressionamento da tecla e três tipos de latências diferentes. Através da utilização de um classificador estatístico pôde-se verificar a precisão do método, obtendo-se uma taxa de falsa aceitação de 0,24% e 1.87% de taxa de falsa rejeição
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1603
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
gcb.pdf1,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.