Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1553
Title: Caracterização das lectinas de folhas de Bauhinia monandra (BmoLL) e de sementes de Cratylia mollis (Cramoll) através de sistemas potenciométricos e amperométricos
Authors: Cosme Pimentel, Jadilma
Keywords: Bauhinia monandra;Cratylia mollis;Biossensores;Eletroquímica;Lectina;Potencial eletroquímico;Sistema potenciométrico;Sistema amperométrico
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Cosme Pimentel, Jadilma; Cassandra Breitenbach Barroso Coelho, Luana. Caracterização das lectinas de folhas de Bauhinia monandra (BmoLL) e de sementes de Cratylia mollis (Cramoll) através de sistemas potenciométricos e amperométricos. 2009. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: A lectina de folhas de Bauhinia monandra (BmoLL) foi avaliada através de sistemas potenciométricos e amperométricos visando elucidar o comportamento dessa proteína na presença de células procarióticas e eritrócitos de coelho em meios eletrolíticos apropriados, a lectina foi avaliada livre e imobilizada em nanoporos de Nafion e as respostas eletroquímicas foram obtidas por consequência da ligação desta proteína aos seus carboidratos específicos. Foram realizados testes na presença e na ausência de bactérias, endofíticos extraídos de folha da B. monandra, para analisar sua interação com os carboidratos de membrana destas células. BmoLL foi avaliada também interagindo com eritrócitos de coelho, na presença e ausência de galactose; a lectina de sementes de Cratylia mollis (Cramoll) foi avaliada livre na presença ou ausência de seu carboidrato específico. Os métodos eletroquímicos utilizados para verificar as mudanças de cargas nas superfícies de BmoLL demonstraram interações significativas dessa lectina aos carboidratos de membrana das células procarióticas empregadas neste sistema, bem como a forte ligação de BmoLL aos carboidratos de membrana de eritrócitos. Sistemas amperométricos e potenciométricos, utilizados para elucidar o comportamento da BmoLL na presença de células procarióticas e interagindo com carboidratos presentes na membrana de eritrócito de coelho, bem como Cramoll interagindo com diferentes concentrações de glicose apresentaram sensibilidade satisfatória para detectar trocas conformacionais na superfície dessas lectinas devido a sua bioadsorção com ligantes
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1553
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1566_1.pdf2.05 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.