Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15468
Título: Influência da convecção forçada em juntas soldadas
Autor(es): BARROS, Paternak de Souza
Palavras-chave: Convecção; Campo de Temperatura; Soldagem; Redução da ZTA
Data do documento: 19-Jun-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A convecção, embora amplamente estudada e discutida, na confecção de dissipadores de calor, possui um papel secundário na soldagem, pois a condução é responsável pela maior parte do calor dissipado. Na mesma linha, a convecção forçada é negligenciada, pois a presença de ventos em juntas soldadas apresenta-se como a principal fonte de descontinuidades. Partindo desta realidade o presente trabalho atua em três frentes para avaliar a possibilidade de utilizar a convecção forçada como favorecedora à soldagem. Na primeira frente, analisou-se o comportamento da convecção. Para tal pequenas chapas SAE 1011, cujo comprimento característico aproxima-se ao de uma poça de fusão, são aquecidas a diversas temperaturas e resfriadas, na posição horizontal, sob a ação de diversas velocidades de fluxo de ar. A segunda frente avaliou como a convecção afeta o modelo matemático do campo de temperatura. Esta análise embora realizada através de linhas de calor em chapas SAE 1020, simula a distribuição de temperatura em juntas soldadas. E por fim, foram realizadas soldas MAG em chapas SAE 1020. Avaliando-se o efeito de um fluxo de ar na formação da zona termicamente afetada obtendo-se uma redução de oitenta e cinco por cento.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15468
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Mecânica

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
239 - BARROS, PATERNAK.pdf6,42 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons