Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15440
Title: Avaliação genotóxica do composto PT-31, do Elixir Sanativo® e do extrato do Sanativo® em linhagens de Drosophila melanogaster e Saccharomyces cerevisiae
Authors: LIMA, Adiles Paulo de
Keywords: Drosophila melanogaster.;Saccharomyces cerevisiae.;Mutagênese.;Compostos terapêuticos.
Issue Date: 12-Mar-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: PT-31 [3-(2-cloro-6-fluorobenzil)-imidazolidina-2,4-diona] é um composto descrito com atividade analgésica e o elixir SANATIVO® (SAN e extrato de SAN, E. SAN) é um fitoterápico comum no Nordeste do Brasil. Esses produtos terapêuticos necessitam de testes adicionais antes de ter aplicabilidade humana, inclusive ensaios genéticos. Assim, dois testes de danos genéticos foram escolhidos para o presente trabalho: o Teste de Mutação e Recombinação Somática (SMART) em Drosophila melanogaster que detecta tipos diferentes de mutações e recombinação, e mutantes de recombinação e reversão de Saccharomyces cerevisiae, ambos apresentam baixo custo, confiabilidade e rapidez, visando a análise genética para o uso mais seguro dos compostos. O fármaco PT-31 foi avaliado através da técnica SMART e pelo teste com os mutantes de S. cerevisiae; com o elixir SANATIVO® foi formada uma curva de sobrevivência larval utilizando os dois tipos de cruzamentos (ST e HB) do SMART, em seguida este ensaio foi empregado; e o extrato de SAN foi analisado pelo SMART e através das linhagens de S. cerevisiae. Notou-se a possibilidade de SAN ter reduzido a toxicidade do álcool por meio da sobrevivência larval. Enquanto que o SMART de SAN e de E. SAN revelou efeito mutagênico na maioria das concentrações testadas, com ativação metabólica e efeito recombinogênico ausentes, sem alteração identificável nos testes em S. cerevisiae. O PT-31 mostrou efeito mutagênico e atividade recombinogênica no teste SMART, aumentando o efeito mutagênico pela atividade metabólica do sistema P450, e nenhuma alteração fenotípica no teste em S. cerevisiae. Esses dados contribuem para a ampliação das informações sobre os compostos terapêuticos na literatura, para que futuros experimentos possam elucidar melhor a ação em organismos vivos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15440
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Genética

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE - Adiles Paulo de Lima.pdf1.57 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons