Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15428
Título: Estado nutricional de lactentes portadores de tetralogia de Fallot na fase pré-operatória
Autor(es): SILVEIRA, Adriana César da
Palavras-chave: Teratologia de Fallot; Lactantes; Estado nutricional; Anemia
Data do documento: 24-Fev-2015
Editor: UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
Resumo: A presente dissertação contempla um capítulo de revisão da literatura, outro de métodos e um artigo original, que apresenta os resultados do estudo. Apesar de já descrito na literatura que as cardiopatias congênitas possam cursar com comprometimento do estado nutricional, ainda não estão completamente elucidados os efeitos nutricionais da tetralogia de Fallot, sobretudo em lactentes não tratadas cirurgicamente. Objetivo: avaliar o estado nutricional de lactentes portadores de tetralogia de Fallot em fase pré-operatória. Métodos: estudo do tipo série de casos, com análise retrospectiva de prontuários de lactentes portadores de tetralogia de Fallot em fase pré-operatória, admitidos no Pronto Socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco, entre outubro de 2007 e outubro de 2012. Foram excluídos os prematuros, portadores de síndromes genéticas e de alergia alimentar, ou aqueles cujos prontuários não possuíam todas as variáveis selecionadas para o estudo. Foram coletados dados demográficos: sexo, idade, estado de origem e procedência; clínicos: defeito cardíaco associado à tetralogia de Fallot; fração de ejeção; superfície corpórea, tempo de internamento e desfecho clínico; antropométricos: peso e comprimento; nutricionais: tipo e via de administração da dieta na admissão, tempo de aleitamento materno exclusivo; os antecedentes perinatais: peso ao nascer e tipo de parto e índices hematimétricos: hemoglobina, hematócrito, volume corpuscular médio (VCM) e o coeficiente de variação da distribuição de hemácias (RDW-CV). Para a avaliação antropométrica utilizou-se os índices peso por idade, comprimento por idade, peso por comprimento, e o índice de massa corporal para idade, expressos em escore Z, considerando-se os pontos de corte estabelecidos e atualmente recomendados pela Organização Mundial da Saúde, sendo utilizado o software AnthroPlus v3. 2.2 (WHO, 2007) para o cálculo do escore. As crianças foram dividas em dois grupos: Grupo I: tetralogia de Fallot com hipoplasia leve a moderada da artéria pulmonar ou associada a outros defeitos; e Grupo II: tetralogia de Fallot com atresia pulmonar, hipoplasia grave da artéria pulmonar ou agenesia de valva pulmonar, ambos associados ou não a outros defeitos cardíacos. As análises estatísticas foram realizadas no software SPSS, versão 13.0. Para todas as análises, considerou-se significância estatística quando p≤0,05. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética do Complexo Hospitalar HUOC/Procape (parecer número 168.174/2012). Resultados: Foram estudadas 31 crianças, sendo 74,2% do Grupo I, 64,5% do sexo masculino, e idade média de 10,3 (±6,5) meses. Observou-se alta frequência do comprometimento estatural (38,7%). Destaca-se que pelo IMC/I a maioria da amostra (61,3%) encontrava-se na faixa de risco de sobrepeso e 19,3% foi classificada como eutrófica. Pelo índice comprimento para idade houve diferença entre os grupos (p=0,01), com escores mais baixos no Grupo I. Foram observadas menores médias de hematócrito e hemoglobina entre as crianças com déficit nutricional segundo o índice peso por idade. A frequência de anemia foi de 10,7% (n=28). Conclusões: Evidenciou-se alta frequência de comprometimento do estado nutricional das crianças estudadas, sobretudo do crescimento linear. É necessária a utilização de outros parâmetros hematimétricos além da hemoglobina para a detecção da anemia e deficiência de ferro nesta população, sendo o VCM e o RDW-CV índices elegíveis.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15428
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Nutrição

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Adriana Cesar da Silveira.pdf1,41 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons