Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1532
Title: Efeitos metabólicos in vivo de derivados Benzilideno-Tiazolidinadionas
Authors: Gomes Araújo, Tiago
Keywords: Tiazolidinadionas; benzilideno-tiazolidinadionas; dieta; hiperlipidemia
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Gomes Araújo, Tiago; Lúcia de Menezes lima, Vera. Efeitos metabólicos in vivo de derivados Benzilideno-Tiazolidinadionas. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Bioquímica e Fisiologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Tiazolidinadionas são agentes sensibilizadores de insulina que atuam ligando-se à PPAR-&#947;, que levam a alterações na expressão de reguladores chave da homeostase lipídica e resistência à insulina. Neste estudo, foi avaliado o efeito do tratamento com novos derivados de benzilideno tiazolidinadionas (BTZDs): 5-(4-cloro-benzilideno)-3- (4-metil-benzil)-tiazolidina-2,4-diona (GQ2), 5-(4-metoxi-benzilideno)-3-(4-metil-benzil)- tiazolidina-2,4-diona (GQ5), 5-(2,4-dimetoxi-benzilideno)-3-(4-metil-benzil)-tiazolidina- 2,4-diona (GQ6), 5-(4-dimetilamino-benzilideno)-3-(4-metil-benzil)-tiazolidina-2,4-diona (GQ10) na resistência à insulina associada à hiperinsulinemia, hiperglicemia e hiperlipidemia, em camundongos, induzidas por dieta. Primeiramente, os camundongos foram submetidos a dois regimes dietéticos com dieta padrão ou dieta hiperlipídica, pelo período de 75 dias. Depois, os camundongos foram divididos aleatoriamente em 7 grupos (n=6). O grupo normal (NC), e o grupo controle submetido à dieta hiperlipídica (HFD-C), receberam veículo (carboximetilcelulose) e os outros grupos de camundongos receberam GQ2, GQ5, GQ6, G10 e Rosiglitazona (todos 30 mg/Kg/dia), respectivamente, uma vez por dia, diariamente, por via oral durante 15 dias. Todos os grupos de camundongos, com exceção do NC, foram submetidos à dieta hiperlipídica durante o período de tratamento. Os níveis de peso corporal, triglicerídeos, colesterol total, aspartato aminotransferase (AST), alanina aminotransferase (ALT), glicose de jejum (FSG) e insulina de jejum (FSI) foram analisados. O índice de resistência à insulina foi calculado usando o homeostasis model assesment (HOMA-IR). Nenhum dos tratamentos causou alterações significativas no peso corporal. Os níveis elevados de triglicerídeos, colesterol total, FSG e FSI dos grupos submetidos à dieta hiperlipídica foram reduzidos significantemente (P<0,01) pelas BTZDs e pela rosiglitazona em comparação com o grupo HFD-C. GQ5 foi 34% mais potente do que Rosiglitazona em termos de diminuição dos níveis de insulina (P<0,05). Os índices HOMA-IR dos grupos tratados com BTZDs e com Rosiglitazona foram significativamente melhores do que aqueles do grupo HFD-C. Além disso, somente GQ2 e GQ5 reduziram os níveis de AST quando comparados ao grupo HFD-C. Este estudo sugere que os derivados BTZDs não somente reduzem a resistência à insulina em camundongos sob dieta hiperlipídica, mas também a hiperinsulinemia, hiperglicemia e hiperlipidemia. Adicionalmente, nenhum deles exerceu algum efeito adverso no fígado ou no peso corporal
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1532
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Bioquímica e Fisiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tga.pdf2.23 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.