Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15319
Título: Organização Socioeconômica da comunidade Nossa Senhora Aparecida do Lago Catalão – Iranduba/AM
Autor(es): SANTOS, Fernando Alvarenga dos
Palavras-chave: Antropologia; Organização social; Etnologia; População; Comunidade – Organização
Data do documento: 19-Ago-2013
Editor: UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
Resumo: Este trabalho analisa a dinâmica das relações sociais da Comunidade Nossa Senhora Aparecida do Lago do Catalão, no município de Iranduba, no Estado do Amazonas. As famílias dessa comunidade vivem em residências flutuantes na margem direita do Rio Negro,próximo a cidade de Manaus. As casas estão instaladas entre os paranás que se formam entre as restingas de uma região conhecida como “boca” do Catalão. Esse tipo de habitação representa uma peculiaridade do modo de vida dessa população que, durante todo o ano, precisa se posicionar com estratégias para transpor obstáculos provenientes da adversidade climática. Especialmente, os ciclos hidrológicos representados pelos períodos de cheia e de vazante dos rios da Região que promovem muitas modificações geomorfológicas pelo deslocamento de sedimentos que alteram, com o passar dos anos, a paisagem natural do lugar. A descrição das características ambientais do lugar remete a um quadro ecológico bastante definido, deve-se esclarecer que se buscou um distanciamento dos modelos clássicos dos estudos voltados a populações ribeirinhas amazônicas, os quais imprimem um determinismo ambiental e uma dinâmica própria na organização e nas relações sociais. Neste sentido, há de ser considerado o eixo que orienta a estruturação deste estudo que é a abordagem histórica desenvolvida em investigações mais recentes sobre sociedades contemporâneas da Amazônia que enfatizam o caráter de limitações ambientais nos aspectos organizacionais das sociedades. Portanto este estudo constitui um trabalho etnográfico pioneiro em relação à comunidade estudada, ao mesmo tempo em que abre outros horizontes de investigação para reflexão em torno da realidade social dos povos ribeirinhos da Amazônia.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15319
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Antropologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO FERNANDO ALVARENGA.pdf6,94 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons