Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15255
Título: Análise da associação entre empatia e personalidade em estudantes de medicina da universidade federal de Pernambuco
Autor(es): AGUIAR, Camila Stor de
Palavras-chave: Estudantes de medicina; Empatia; Personalidade
Data do documento: 6-Abr-2015
Editor: UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
Resumo: Algumas características do médico são importantes para a qualidade da relação que é estabelecida durante os atendimentos com o paciente. Entre estas características, estão a empatia e a personalidade. O principal objetivo deste estudo foi investigar a associação entre estas duas variáveis na população de estudantes de Medicina, especialmente se os fatores da empatia podem prever os fatores da personalidade. Os participantes foram 197 estudantes do curso de graduação em Medicina da Universidade Federal de Pernambuco. Foram utilizados para coleta os instrumentos de autorelato: Escala Multidimensional de Reatividade Emocional (EMRE) para avaliação da empatia em seus quatro fatores (Consideração Empática, Angústia Pessoal, Fantasia e Tomada de Perspecitiva) e Inventário dos Cinco Grandes Fatores da Personalidade (IGFP-5) para investigação dos fatores da personalidade (Neuroticismo, Extroversão, Abertura, Amabilidade e Conscienciosidade). Para avaliar o poder preditivo da empatia sobre personalidade foi realizada a Análise de Regressão, na qual se adotou o método Enter. A MANOVA foi realizada para avaliar a associação de empatia com as variáveis idade, período letivo e gênero, objetivo secundário deste estudo. Os resultados mostraram que Extroversão é predito positivamente pela Consideração Empática e negativamente pela Angústia Pessoal. Amabilidade foi predita por Consideração Empática e Tomada de Perspectiva. Neuroticismo foi predito por Preocupação Empática e Fantasia e negativamente por Tomada de Perspectiva. Abertura foi predita por Tomada de Perspectiva e nenhuma predição foi encontrada para Conscienciosidade. Os resultados indicaram associação positiva entre empatia e sexo feminino. Como conclusão deste estudo tem-se que determinados fatores da empatia são capazes de predizer fatores da personalidade específicos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15255
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Camila Stor de Aguiar.pdf1,11 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons