Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1506
Title: Síntese e caracterização estrutural, mecânica e óptica de materiais compósitos restauradores
Authors: KAUFFMAN, Cynthia Macêdo Feijó
Keywords: Compósitos dentais;Oxocluster de titânio;Tomografia por coerência óptica;OCT
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Macêdo Feijó Kauffman, Cynthia; Stevens Leonidas Gomes, Anderson. Síntese e caracterização estrutural, mecânica e óptica de materiais compósitos restauradores. 2011. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Ciência de Materiais, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a relação microestrutura e propriedade dos materiais compósitos restauradores. Foram caracterizados três compósitos comerciais, de micropartículas, de nanopartículas e microhíbrido, e um compósito sintetizado em nossos laboratórios com oxoclusteres de titânio com grupos metacrílicos coordenados. As características microestruturais dos compósitos foram analisadas através da MEV, MET e EDS. A quantidade de carga inorgânica foi verificada através da análise termogravimétrica. O grau de conversão foi verificado por espectroscopia de infravermelho FTIR-ATR. As propriedades mecânicas de resistência à fratura e módulo de elasticidade foram avaliados através com teste de flexão de 3 pontos e a dureza com teste de microdureza Vickers. Avaliaram-se também as propriedades ópticas dos compósitos através da espectroscopia UV-VIS e tomografia por coerência óptica. Os compósitos comerciais com nanopartículas e microhíbrido apresentaram propriedades mecânicas superiores ao compósito de micropartículas. O compósito de micropartículas apresentou menor quantidade de carga inorgânica 55% do que o compósito microhíbrido e o de nanopartícula 72% e 77%, respectivamente. O compósito comercial de nanopartículas apresentou maior resistência flexural, maior módulo de elasticidade e maior grau de conversão enquanto que o compósito microhíbrido obteve maior microdureza. A tomografia por coerência óptica a 930 nm foi utilizada com aquisição de imagem em tempo real para avaliar a propriedades ópticas e mecânicas dos compósitos. O coeficiente de atenuação mostrou-se diferente para os diferentes compósitos. Os oxoclusteres de titânio favoreceram o espalhamento da luz no interior do compósito. Como conclusão, composição química, distribuição de tamanho, percentagem em peso e organização das partículas inorgânicas de carga assim como tamanho médio das partículas interferem nas propriedades dos materiais compósitos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1506
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Ciências de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6671_1.pdf7.11 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.