Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15055
Título: Modelagem analítica da eficácia do gerenciamento costeiro integrado através de análise multicritério
Autor(es): LIMA, Josilene Pereira
Palavras-chave: Engenharia Cartográfica; Cartografia costeira; Gerenciamento costeiro integrado; Análise multicritério; Analytic Hierarchy Process - AHP
Data do documento: 10-Mar-2015
Editor: UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
Resumo: A gestão integrada da zona costeira (do inglês Integrated Coastal Zone Management – ICZM) envolve uma abordagem integrada de elementos naturais e antrópicos e deve ser organizada para minimizar os conflitos e utilizar os recursos de forma sustentável. O gerenciamento costeiro integrado pode ser considerado como um processo administrativo permanente onde as ações tomadas, podem ou não serem eficazes para uma comunidade, um estuário ou a costa de uma nação inteira. A partir da definição sobre ICZM e demais legislações brasileiras foram identificadas algumas possíveis variáveis para fazer parte de um modelo de avaliação da eficácia do gerenciamento costeiro integrado. A avaliação da eficácia foi determinada pela análise multicritério através do método Analytic Hierarchy Process – AHP, considerando níveis hierárquicos distribuídos em critérios sociais, econômicos e ambientais, totalizando 11 variáveis. Os critérios para estabelecer os pesos entre as variáveis, foram estabelecidos através de um questionário aplicado a um especialista em gerenciamento costeiro. A saída deste modelo representa um valor numérico, considerando a variação entre 0,000 e 1,000, onde a medida que a nota aumenta melhores são as condições associadas a gestão costeira integrada. Após desenvolvido o modelo analítico, dados amostrais considerando informações espaciais obtidas por sensoriamento remoto e estatísticas obtidas pelo censo do IBGE (2000 e 2010) foram aplicadas ao município da Ilha de Itamaracá-PE. Os resultados numéricos encontrados para este estudo de caso foram 0,344 e 0,401 para os anos de 2000 e 2010 respectivamente. Para analisar os resultados foram considerados um limiar mínimo e máximo da eficácia do gerenciamento costeiro integrado tendo como referência informações das variáveis encontradas para os municípios pertencentes a zona costeira de Pernambuco onde foram obtidos os valores 0,279 e 0,650 representando a variação mínima e máxima encontrada para este Estado. Por fim uma análise separada de cada variável foi efetuada através da construção de mapas temáticos e comparações de informações numéricas identificando assim, o comportamento individual de cada variável no modelo analítico. Destaca-se que a aplicação do método de avaliação multicritério AHP para este estudo de análise da eficácia do gerenciamento costeiro integrado demonstrou ser uma importante ferramenta para diagnosticar e fornecer subsídios à tomada de decisão em ambientes costeiros.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15055
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao - Josilene Pereira Lima.pdf3,45 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons