Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1505
Título: Improving traceability in agent oriented development
Autor(es): PINTO, Rosa Candida Cavalcanti
Palavras-chave: Requirements traceability; Agent-oriented development
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Candida Cavalcanti Pinto, Rosa; Freire Brelaz de Castro, Jaelson. Improving traceability in agent oriented development. 2008. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: A engenharia de requisitos argumenta que, para o desenvolvimento de software complexo ser bem sucedido, é necessário que o processo de modelagem suporte mecanismos e ferramentas de rastreamento. Rastreabilidade de requisitos refere-se à habilidade de assegurar um alinhamento contínuo entre requisitos dos stakeholders e às várias saídas do processo de desenvolvimento de software. O processo de rastreamento de requisito descreve e segue a vida dos requisitos nas direções forward e backward (i.e. da sua origem, através do seu desenvolvimento e especificação, para sua subseqüente implementação e uso, e através de todos os períodos de refinamento e interação em qualquer uma dessas fases). Rastreamento de software é executado gerando, representando, armazenando e mantendo relações de rastreabilidade entre os artefatos de software tanto manualmente como automaticamente. Desenvolvedores de softwares têm usado agentes como uma forma de entender, modelar e desenvolver sistemas complexos mais naturalmente. Sistemas multiagentes (SMA) refletem a natureza descentralizada dos modernos sistemas distribuídos, dando suporte a situações dinâmicas e imprevisíveis nas quais se espera que o software opere atualmente, sendo apropriado para sistemas abertos nos quais seus componentes e padrões de interação mudam constantemente. O uso de agentes com uma maior dependência em conhecimento codificado, flexibilidade, adaptabilidade e autonomia, introduz novos desafios ao suporte de rastreamento de requisitos. As capacidades dos agentes e aspectos sociais devem ser consideradas. Uma contribuição neste campo é Tropos, um framework usado para modelar sistemas multiagentes. Ele faz uso das abstrações e conceitos das disciplinas organizacional e social para entender, modelar, analisar e projetar. Assim, Tropos fornece uma maior flexibilidade, e um conjunto de construtores de alto nível para tratar com um mundo operando mais nos princípios sociais do que nas regras mecanicistas. A flexibilidade, a adaptabilidade e a autonomia introduzidas pelos MAS apresentam novos desafios para as abordagens de rastreabilidade atuais. Nós advogamos que um modelo e um processo de rastreamento específico devem ser usados para tratar as necessidades específicas de um SMA de forma satisfatória. Nesta tese, nós propomos um Metamodelo de Rastreamento para facilitar a identificação das novas relações necessárias ao paradigma de agent system, the individual issues of each agent and their social aspects as well as the impact analysis when changes happen. The DBSitter-AS example will be used to illustrate how our proposal captures agent characteristics such as autonomy and cooperation
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1505
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo1986_1.pdf6,86 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.