Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/14650
Título: Carta enviada pelo Conde de Nioac para o conselheiro João Alfredo Correia de Oliveira
Autor(es): NIOAC, Conde de
Palavras-chave: Brasil-império; Febre amarela no Brasil; Problemas políticos; Assuntos financeiros
Resumo: Felizmente as notícias sobre a febre amarela são tranquilizadoras. Continua recomendando calma a Conselheiro em face da "oposição desabrida no Parlamento". Os jornais da Europa que não são simpáticos ao ministério João Alfredo noticiam que ele pouco durará. O Penedo tem esperanças de voltas à Londres, e cedeu a casa onde morava, com os móveis, ao Arinos¹. Trata da proposta dos Rothschild, que deve ser estudada sigilosamente, pois "já o judeu do Barão de Santa Vitória² lhe comunicou que o Visconde de Figueiredo lhe dissera que estava encarregado de certos negócios em Londres". Mostra apreensão pelo perigo que ofereceu a Figueiredo "sujeito muito bem informado, que naturalmente recebeu algum aviso do Rio" Trata de problemas financeiros internacionais e da má situação dos títulos brasileiros "que mandam a Europa". Comenta a péssima repercussão das notícias do Norte do Brasil, enfatizando a baixa do preço da borracha. Anexo: Um recorte do jornal "Times"de 08/04/1889 sobre a febre amarela; cópia da carta.
Descrição: "¹Afonso Arinos de Melo Franco ²Manoel Afonso de Freitas Amorim. Visconde de Sta. Vitória a 20.VII.1889. Nasceu em Porto Alegre e faleceu em Paris."
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/14650
Outros identificadores: JA_CR_000.499
Aparece na(s) coleção(ções):João Alfredo_Correspondências Recebidas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JA_CR_000.499.pdf1,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons