Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1440
Title: O Banco Mundial e o desenvolvimento no Brasil: uma análise da mudança institucional a partir do Consenso de Washington
Authors: Roberta Callado Bezerra de Mello, Paula
Keywords: Desenvolvimento; Polílicas; Organizações internacionais; Banco Mundial; Muança institucional
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Roberta Callado Bezerra de Mello, Paula; de Almeida Medeiros, Marcelo. O Banco Mundial e o desenvolvimento no Brasil: uma análise da mudança institucional a partir do Consenso de Washington. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: O Banco Mundial surge como uma das principais instituições financeiras internacionais cujas operações financeiras e condicionantes foram usadas no Brasil como instrumento para a disseminação de uma agenda desenvolvimentista baseada na ideologia neoliberal. Foi este conjunto de diretrizes que ganhou a alcunha de Consenso de Washington. É possível observar que a presença e a influência do Banco Mundial no Brasil guardam relação com o quadro econômico nacional marcado por desafios como o aumento do grau de vulnerabilidade externa, a dependência da economia nacional ao capital internacional e a grande dívida externa brasileira que marcou as décadas de 1980 e 1990. Realidade econômica que se agravou com a incapacidade das instituições nacionais de formular e coordenar um projeto autônomo de desenvolvimento econômico e social. A partir de uma perspectiva teórica que agrega o Neo-institucionalismo e a Teoria dos Regimes, o presente trabalho tem como escopo realizar uma análise da mudança institucional que o Banco Mundial sofreu no Brasil durante os anos 90 até os primeiros anos da década atual. Este período engloba desde os anos em que a organização figurou como um dos principais defensores do Consenso de Washington como agenda desenvolvimentista para a América Latina, até um período em que os frutos destas políticas se mostraram mais concretos. Os resultados não esperados do Consenso de Washington podem ter promovido uma mudança não só na agenda desenvolvimentista formulada pelo Banco Mundial para o Brasil, mas no próprio entendimento de desenvolvimento considerado pela organização, que determinam as diretrizes da oferta de crédito ao país
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1440
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciência Política

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1630_1.pdf3.99 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.