Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/14092
Title: O desenvolvimento da oralidade em crianças no ciclo de alfabetização
Authors: Veras, Daniele Siqueira
Keywords: Desenvolvimento da Linguagem;Educação;Narração;Vocabulário;Fala
Issue Date: 20-Feb-2015
Abstract: Os primeiros anos de vida da criança são extremamente importantes para o seu desenvolvimento global. Pesquisas apontam que esta etapa pode ser decisiva para o êxito de toda a vida escolar e acadêmica. Políticas públicas que visam à otimização das etapas educacionais nos primeiros anos escolares são cada vez mais comuns e importantes no tocante à alfabetização e os eixos que a integram, como o desenvolvimento da linguagem oral. No Brasil, temos como exemplo, o Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa, programa vigente que tem como um dos eixos centrais a oralidade das crianças no ciclo de alfabetização. Portanto, esta pesquisa tem como objetivo investigar como se processa o desenvolvimento da linguagem oral em crianças no ciclo de alfabetização. Para alcançarmos tal finalidade foram realizadas avaliações de linguagem oral em 90 alunos do ciclo de alfabetização (1º, 2º e 3º ano do Ensino Fundamental I) de uma escola pública na Região Metropolitana do Recife, utilizando o eixo Vocabulário do teste ABFW (2004); narração de relato de experiência e argumentação oral. Os professores alfabetizadores responderam a uma avaliação individual referente a cada aluno, indicando o nível no qual o aluno se encontra, seja introduzindo, aprofundando ou consolidando as habilidades orais. Os dados foram gravados, transcritos e analisados usando o software SPSS 22.0 (Statistical Package for the Social Science). Foi atribuído o nível de significância de 5% (p<0,05) para todos os testes utilizados. Os resultados revelaram que os alunos do ciclo de alfabetização, no contexto da população estudada, apresentam um vocabulário não compatível com o esperado pela literatura. Porém, há uma variação entre um ano e outro, caracterizando um significativo desenvolvimento entre as séries na maioria das categorias semânticas. Não foram observadas diferenças significativas entre as séries nos testes de narração e argumentação oral. Os professores parecem identificar diferenças entre as séries no que tange às habilidades investigadas. As correlações positivas foram significantes entre o teste de vocabulário e as respostas fornecidas pelos professores. Também se verificou que houve correlação entre os testes de narração e argumentação. A partir destes resultados, concluiuse que é necessário estímulo para o desenvolvimento das habilidades orais. A formação continuada dos professores e alfabetizadores poderá promover o desenvolvimento da linguagem oral com consequente impacto no processo de alfabetização, além de favorecer a identificação precoce de dificuldades na linguagem dos alunos no ciclo de alfabetização.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/14092
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Saúde da Comunicação Humana

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_danieleveras.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons