Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1401
Title: Desenvolvimento de um biossensor amperométrico de DNA para detecção do Papilomavírus humano
Authors: Manoella Leite dos Santos, Cinthya
Keywords: Biossensor; Azul de metileno; HPV-18; Câncer cervical
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Manoella Leite dos Santos, Cinthya; Luiz de Lima Filho, José. Desenvolvimento de um biossensor amperométrico de DNA para detecção do Papilomavírus humano. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: O câncer cervical tem sido uma patologia grave no Brasil e no mundo com cerca de 18.680 mulheres infectadas anualmente. O Papilomavírus Humano (HPV) tem sido biologicamente associado ao desenvolvimento de lesões cervicais, devido a sua capacidade de infectar células epiteliais, e progressão ao câncer do colo de útero. O diagnóstico tardio pode inviabilizar o tratamento e levar a óbito muitas mulheres. Este diagnóstico poderia ser antecipado pelo uso de biossensores de DNA, que são dispositivos analíticos que resultam da integração entre uma sonda seqüência específica e um sinal transdutor. Entre outras técnicas eletroquímicas, os biossensores amperométricos têm sido descritos como atrativos devido à sua simplicidade, baixos custos de instrumentação, possibilidade de realização em tempo real e geralmente alta sensibilidade. Neste trabalho, foi desenvolvido um genossensor para detecção de seqüências do vírus HPV usando azul de metileno (AM) como mediador químico. Os sinais biológicos captados foram transduzidos por Voltametria de Pulso Diferencial (VPD). Os eletrodos de trabalho e referência foram produzidos através de técnica de impressão sob uma superfície de polivinil álcool. Os mesmos foram constituídos de carbono e Ag\AgCl, respectivamente. O eletrodo de trabalho foi modificado com quitosana para a imobilização de pequenas seqüências de DNA para hibridização com uma seqüência alvo. A seqüência alvo usada para hibridização foi o gene E6 do HPV18, uma cadeia extensa com 500 pares de bases disponíveis para anelamento com seqüências de 20 bases. Análises de bioinformática foram realizados para verificar possíveis regiões de anelamento destas seqüências curtas ao genoma viral. Os resultados demonstraram um aumento no sinal do AM quando a hibridização ocorreu, evidenciado pelo aumento dos picos de corrente de VPD analisados graficamente. As diferenças entre os sinais emitidos a partir de um eletrodo contendo reações de hibridização e outro isento das mesmas, foi usada para detectar seqüências de DNA viral obtidas de amostras clínicas. Os resultados indicaram ser o método passível de aplicações em diagnósticos clínicos, e a técnica de impressão, um instrumento viável para a construção dos biossensores de DNA utilizando o azul de metileno como indicador de sinais de hibridização
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1401
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1527_1.pdf1.79 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.