Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13902
Title: HINT: um estudo sobre os critérios de julgamento no Brasil
Authors: Melo, Rafaela do Couto
Keywords: Audição;Compreensão;Percepção da fala;Ruído;Testes de discriminação da fala
Issue Date: 31-Jan-2015
Abstract: Introdução: A capacidade em perceber os sons da fala possibilita ao homem comunicar-se de forma eficiente. Esse aspecto deve ser considerado na avaliação dos distúrbios da comunicação humana. O teste Hint foi adaptado para o português brasileiro e faz uso de sentenças para avaliar o reconhecimento de fala em silêncio, e em presença de ruído competitivo. O teste pode ser uma ferramenta clínica importante, no entanto, não se observa o uso do Hint em prática clínica audiológica no Brasil. Um dos motivos deve ser a falta de padronização em alguns aspectos do teste, inclusive, o julgamento das respostas. Objetivo: Analisar os diferentes critérios de julgamento de respostas obtidas de indivíduos submetidos à pesquisa de limiares de reconhecimento das sentenças do Hint em português brasileiro. Método: A pesquisa foi realizada no Laboratório de Audiologia da Universidade Federal de Pernambuco com 30 adultos jovens (três grupos de 10 pessoas), entre 18 e 25 anos, de ambos os sexos, com audição normal. Os indivíduos foram submetidos ao teste de reconhecimento de fala em presença de ruído competitivo com o uso das sentenças do Hint adaptado para o português brasileiro. Foram determinados limiares de reconhecimento de fala em presença de ruído através da utilização de três critérios de julgamento publicados na literatura brasileira. Foi realizada uma análise de variação única para comparar as médias dos limiares entre os três grupos. A probabilidade máxima de erro para rejeitar a hipótese nula foi 5%. Resultados: As médias e os desvios-padrão dos limiares, respectivamente, foram: 59,90 dB ±1,43; 59,60 dB ± 0,53 e 59,95 dB ± 0,6. Não houve diferença estatisticamente significativa entre as médias (F=0,398; p>0,05). Conclusão: Independente do critério de julgamento utilizado, as respostas obtidas de indivíduos submetidos à pesquisa de limiares de reconhecimento de sentenças em presença de ruído, foram semelhantes.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13902
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Saúde da Comunicação Humana

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Rafaela do Couto Melo2.pdf465.37 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons