Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1388
Title: Caracterização de bactérias produtoras de ramnolipídios isoladas de poços de petróleo
Authors: do Socorro Duarte, Maria
Keywords: Biosurfactante ramnolipídeo
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: do Socorro Duarte, Maria; Magali de Araújo, Janete. Caracterização de bactérias produtoras de ramnolipídios isoladas de poços de petróleo. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia de Produtos Bioativos, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Abstract: A aplicação de biosurfactantes em indústrias de diversos ramos vem crescendo a cada ano, porém, no momento, é na indústria do petróleo onde reside o seu maior potencial de aplicação. Devido a sua aceitação ecológica comparada aos surfactantes químicos, os biosurfactantes se apresentam como uma excelente alternativa aos químicos para determinadas áreas industriais. Diante deste fato, o objetivo do presente trabalho, é verificar se as 15 linhagens bacterianas isoladas de poços de petróleo produzem o biosurfactante ramnolipídeo e entre as produtoras realizar identificação taxonômica e molecular. Os resultados obtidos mostram que das 15 linhagens, 6 se destacaram pela formação de maiores halos azuis (10 mm a 17mm) em presença de cetiltrimetilamônio (CTAB). Estudos para identificação taxonômica através de testes bioquímicos mostram que as 5 bactérias Gram-negativas são oxidase positiva e a bactéria Gram-positiva é oxidase negativa. As bactérias oxidase positivas foram analisadas no sistema Bac Tray III (Difco), sendo 4 identificadas como pertencentes à espécie Pseudomonas aeruginosa, enquanto 1, possivelmente P. cepacia, necessitando de outros testes bioquímicos para confirmação. A bactéria Gram-positiva esporulada e oxidase negativa pertencem ao gênero Bacillus sp.. A produção de ramnolipídeo tendo como fonte de carbono glicerol mostrou que P. cepacia 615-E2 e P. aeruginosa 572-BB2 exibiram a maior produção e menor tensão superficial respectivamente, 0,71 e 0,66 g L-1 de ramnose e 29,0 mN m-1 e 30,0 mN m-1, após 72 horas de cultivo. Foram utilizados na técnica de RAPD quatro primers, que geraram um total de 38 bandas, das quais 74% foram polimórficas. Através da análise do dendrograma verificou-se que as linhagens de Pseudomonas apresentaram 50% de similaridade entre si
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1388
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biotecnologia Industrial

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4427_1.pdf516.62 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.