Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13874
Title: Habilidades de consciência fonêmica reveladas por crianças inseridas em turmas onde o método fônico era aplicado
Authors: ARAGÃO, Silvia de Sousa Azevedo
Keywords: Consciência fonêmica;Aprendizado do sistema de notação alfabética;Métodos de alfabetização;Alfabetização
Issue Date: 11-Jun-2014
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Nosso objetivo, na presente pesquisa, foi discutir quais habilidades de consciência fonêmica os sujeitos apresentaram e como essas habilidades se relacionaram com algumas habilidades de leitura. Adotamos a concepção de escrita como sistema notacional e concebemos a consciência fonológica como um conjunto habilidades metafonológicas, dentre as quais se situam variadas habilidades fonêmicas, sendo algumas necessárias para a alfabetização e outras não. Nossos sujeitos foram alunos que estavam concluindo o primeiro ano do ensino fundamental em escolas públicas, nas quais eram ensinados com um método fônico (20 crianças). Todas as crianças, selecionadas a partir de uma tarefa de escrita de palavras sob ditado, já apresentavam uma hipótese alfabética de escrita. Elas foram submetidas a nove tarefas de análise fonêmica (IPFI- Identificação de palavras com o mesmo fonema inicial; PPFA- Produção de palavras a partir da escuta de fonemas iniciais; CF-Contagem de fonemas das palavras; AFP-Adição de fonemas em palavras; PPF- Produção de palavras que começam com o mesmo fonema; IPFF- Identificação de palavras com o mesmo fonema final; SF- Síntese de fonemas para formar palavras; SFP-Subtração de fonemas em palavras; SOF- Segmentação das palavras em fonemas) e a três tarefas de leitura (de palavras, frases e texto). Ao compararmos os resultados dos alunos nas atividades de consciência fonêmica, vimos que o desempenho das duas escolas foi semelhante. Uma análise psicométrica revelou que as tarefas de Identificação de palavras com o mesmo fonema inicial, Identificação de palavras com o mesmo fonema final, Produção de palavras a partir da escuta de fonemas e Contagem de fonemas foram consideradas fáceis ou muito fáceis para as crianças, enquanto as tarefas de Produção de palavras que começam com o mesmo fonema, Síntese de fonemas, Subtração de fonemas e Segmentação fonêmica eram de média dificuldade, difíceis ou muito difíceis. Houve um bom desempenho na leitura de palavras, um menor desempenho na leitura de frases e poucos acertos na leitura de texto. Ao relacionar as habilidades de leitura com os acertos da consciência fonológica observamos que apenas as habilidades de identificação do fonema inicial, produção de palavras que começam com um mesmo fonema e contagem de fonemas relacionaram-se com a leitura de frases ou palavras. As análises qualitativas das verbalizações e erros das crianças revelaram, também, que, independentemente da turma, as crianças tendiam a pensar predominantemente sobre letras ou sílabas. Nossas evidências levam a questionar a relevância de um ensino que priorize o treino isolado da pronúncia de fonemas como requisito para a aprendizagem da leitura e da escrita.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13874
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO Silvia de Sousa Azevedo Aragão.pdf1.74 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons