Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1369
Título: Diversidade genética e avaliação de genótipos de feijão-caupi contrastantes para resistência aos estresses bióticos e abióticos com marcadores SSR, DAF e ISSR
Autor(es): Vinicius Casimiro Onofre, Alberto
Palavras-chave: Feijão-caupi;Marcadores moleculares;Germoplasma;Evolução de plantas cultivadas
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Vinicius Casimiro Onofre, Alberto; Maria Benko Iseppon, Ana. Diversidade genética e avaliação de genótipos de feijão-caupi contrastantes para resistência aos estresses bióticos e abióticos com marcadores SSR, DAF e ISSR. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: O estudo da diversidade genética entre acessos de bancos de germoplasma fornece importantes subsídios aos programas de melhoramento vegetal. Com a finalidade de caracterizar a diversidade genética inter e intra-específica do gênero Vigna, as técnicas de DAF (DNA Amplification Fingerprinting), ISSR (Inter Simple Sequence Repeat) e SSR (Simple Sequence Repeat) foram aplicadas no presente estudo. Vinte e nove acessos de Vigna foram selecionados para a análise, incluindo um acesso de cada uma das quatro espécies V. aconitifolia, V. angularis, V. mungo e V. radiata, bem como 23 acessos cultivados de V. unguiculata (feijão-caupi) e duas subespécies nativas (V. unguiculata ssp. cylindrica e V. unguiculata ssp. sesquipedalis) usando-se como grupo externo duas cultivares de Phaseolus vulgaris ssp. vulgaris (cv. Neckarkönigin e cv. Delinel ). No total foram geradas 1065 bandas polimórficas para a montagem da matriz de dados a partir de 46 primers, sendo quatro DAF, 22 ISSR e 20 pares SSR. Os resultados obtidos foram analisados pelos métodos de neighbor-joining (programa MEGA) e de UPGMA (programa NTSYs 2.1). Nos dendrogramas gerados, o feijão-caupi mostrou-se mais proximamente relacionado com as duas subespécies silvestres de V. unguiculata. As espécies do subgênero Ceratotropis agruparam-se em um clado distinto no qual a espécie V. aconitifolia (considerada primitiva no grupo) aparece em uma posição basal da qual emergem dois subclados incluindo as espécies V. radiata e V. mungo no primeiro e a espécie V. angularis no segundo. Os genótipos de feijão-caupi permaneceram unidos com altos valores de bootstrap (99%), formando dois subclados principais e subgrupos, vários compreendendo acessos com características agronômicas similares. Cultivares com características fenotípicas contrastantes, tais como imunidade (BR14 Mulato e TVU 382) e suscetibilidade (IT 85F-2687) a viroses; resistência (BR17-Gurguéia) e suscetibilidade (CE31) ao nematóide de galhas (Meloidogyne incognita); resistência (IT81D-1053) e suscetibilidade (CNC 0434) ao caruncho (Callosobruchus malucatus); resistência (Pitiúba) e suscetibilidade (Canapu Amarelo) a seca/salinidade, foram agrupados em clusters distintos, demonstrando desta forma haver suficiente divergência genética para seu uso como parentais em cruzamentos de mapeamento. As implicações dos resultados obtidos, especialmente no que se refere ao melhoramento do feijão-caupi são discutidas no presente trabalho
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1369
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Biológicas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo1523_1.pdf1,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.