Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13398
Título: Formação pedagógica nas representações sociais de estudantes de licenciaturas
Autor(es): GOMES, Viviane Cordeiro
Palavras-chave: Formação pedagógica; Representações sociais; Estudantes; Licenciaturas
Data do documento: 15-Mar-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Esta pesquisa teve por objetivo apreender as representações sociais da formação pedagógica dos estudantes das licenciaturas diversas do Centro de Educação da UFPE. Partimos do pressuposto de que os estudantes dos diferentes cursos de licenciatura compartilhavam de uma representação social negativa e desvalorizada de formação pedagógica, como aprendizagem que pouco acrescentava à sua formação específica, sendo a desvalorização, no nosso pressuposto, decorrente do desprestígio social da profissão. O referencial teóricometodológico adotado na pesquisa foi a Teoria das Representações Sociais de Serge Moscovici (1978), na proposta original do autor em colaboração com D. Jodelet. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, abordagem que possibilita a identificação do universo de sentidos e significados que os indivíduos atribuem aos fatos e eventos estudados. O estudo tomou campo empírico o Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco- UFPE. Participaram da investigação 185 estudantes matriculados em diferentes cursos de licenciaturas no 1º semestre de 2012. Eles estavam vinculados aos três turnos de oferta e em diferentes períodos de formação. Como procedimentos de coleta de dados, utilizamos: a associação livre de palavras e o grupo focal. Os dados foram tratados e discutidos à luz da Análise de Conteúdo de Bardin (2010), sendo as evocações provenientes da associação livre de palavras organizadas em campos semânticos (análise lexical) e os emergentes do debate realizado nos grupos focais organizados segundo as categorias temáticas. Os resultados da associação livre de palavras indicaram que as representações sociais dos estudantes das licenciaturas estão mescladas de elementos positivos e negativos para com a formação pedagógica. Percebemos que ora ela é vista de forma otimista, como sendo importante por direcionar o exercício profissional do professor, ora é contraproducente, centrada em reclamações quanto à falta desarticulação teoria/prática, falta de reconhecimento da profissão docente, descompromisso dos professores. Os resultados dos grupos focais revelaram uma representação social que dialoga com os achados das evocações livres. Nos grupos focais ficou evidenciado sentido compartilhado de formação pedagógica centrada em questões didáticas e metodológicas. Contudo, agregam novos elementos a essa representação quando associam as representações de formação pedagógica à importância da pluralidade e relacionamento entre cursos nas salas de aula, interdisciplinaridade, a desvalorização da formação pedagógica pelos professores dos centros específicos, além da desarticulação das disciplinas pedagógicas com a realidade social do aluno. O debate nos grupos focais, também permitiu identificar algumas diferenças nas representações sociais dos estudantes das três grandes áreas de formação: saúde, exatas e humanas. A pesquisa apontou a necessidade de estudos que busquem aprofundar as implicações da pluralidade de cursos e interlocução entre os estudantes das diferentes áreas; estudos que possam aprofundar a construção de representações e suas interferências nas práticas sociais dos professores licenciados que atuam na Educação Básica; além de investigações de cunho colaborativo que envolvam e favoreçam o trabalho mútuo entre os centros específicos e os de educação de modo a se buscar alternativas mais concretas que superem a dicotomia entre o específico e o pedagógico, ainda resistente e persistente na formação dos licenciandos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13398
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertaçao Viviane Cordeiro.pdf897,21 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons