Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13347
Título: A ressignificação do Sertão em Galileia, de Ronaldo Correia de Brito: problematização da dimensão regional do romance no contexto da contemporaneidade
Autor(es): MELO, Mônica dos Santos
Palavras-chave: Galileia; Ronaldo Correia de Brito; Regional; Sertão; Cronotopo
Data do documento: 31-Jan-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A questão regional na literatura sempre rende boas discussões, visto que está longe de ser um tema esgotado. O objetivo principal deste trabalho é analisar a dimensão regional no romance Galileia (2008), do autor cearense, radicado em Pernambuco, Ronaldo Correia de Brito. A fim de abordar as técnicas narrativas empregadas pelo escritor no seu livro, parte-se do conceito de cronotopo, teorizado por Bakhtin (1998). Também se estuda como a crítica tratou a matéria regional ao longo dos anos. Para isso, são abordados críticos como Candido (1989) e Leite (1994). Analisa-se a representação de sertão por Brito e como ele dialoga com autores da cena literária brasileira contemporânea que exploram aspectos ditos regionais em suas obras.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13347
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Teoria da Literatura

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Mônica dos Santos Melo.pdf1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons