Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13334
Título: Representações sociais do campo de atuação do pedagogo pelos estudantes de pedagogia
Autor(es): MANDÚ, Thamyris Mariana Camarote
Palavras-chave: Campo de atuação do pedagogo; Curso de Pedagogia; Estudantes; Representações sociais
Data do documento: 31-Jan-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A presente pesquisa buscou investigar as Representações Sociais do campo de atuação do pedagogo elaboradas e partilhadas pelos estudantes do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O referencial teórico deste estudo foi a Teoria das Representações Sociais, sobretudo à luz das teorias de Moscovici (1978), Jodelet (2005) e Abric (2000). Optou-se por uma abordagem metodológica de natureza qualitativa, por possibilitar um aprofundamento no universo das significações das ações e relações humanas, captando valores, crenças e significações. O curso de Pedagogia do Centro de Educação da UFPE constituiu-se como o lócus da investigação, da qual participaram, no total, 103 estudantes concluintes do referido curso. A pesquisa contou com duas etapas, em que foram utilizados três instrumentos de coleta: na primeira etapa, procedeu-se à aplicação de um questionário e do teste de associação livre de palavras; no segundo momento, foi realizada a entrevista semiestruturada com 11 estudantes selecionados a partir de uma pré-análise dos questionários. Os dados provenientes dos questionários e das entrevistas foram tratados com base na Técnica de Análise de Conteúdo (BARDIN, 2009). E o teste de associação livre foi analisado a partir do quadro de quatro casas gerado pelo software EVOC, que possibilitou a identificação dos elementos constituintes da representação e de como estes estão organizados estruturalmente. Os resultados da pesquisa apontaram para uma representação do campo de atuação do pedagogo em que se articulam duas concepções: uma que confere um sentido de amplitude a este objeto, visto pelos estudantes como amplo e com possibilidades de atuação em diversos ambientes institucionais extra-escolares; a outra concepção está mais vinculada à própria trajetória histórica do curso de Pedagogia e à especificidade docente do pedagogo, em que é possível identificar uma representação do campo de atuação do pedagogo voltada à docência e ao ambiente escolar. A análise da organização interna dos elementos constituintes da representação nos permitiu entender tais contradições, visto que a abordagem estrutural das representações sociais possibilita a compreensão de que a representação é formada por um duplo sistema (Núcleo Central e Sistema Periférico) que irá resguardar características socialmente enraizadas daquela representação, como também as diferenças individuais que marcam esse processo. A pesquisa revelou nessas representações os sentidos e significados atribuídos pelos estudantes à sua formação no curso de Pedagogia, suas perspectivas e expectativas profissionais, os valores atribuídos pelos alunos às atividades profissionais exercidas pelo pedagogo.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13334
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Thamyris Mariana Camarote Mandú.pdf959,6 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons