Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13205
Title: Inovação organizacional na gestão do Sistema Ùnico de Saúde: contribuições a partir de estudo de caso sobre a rede de atenção à saúde utilizada por idosos acometidos por fratura de fêmur, em Olinda, Pernambuco
Authors: Lima, Olga Souza de
Keywords: Gestão em saúde;Saúde do idoso;Inovação Organizacional
Issue Date: 30-Aug-2013
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: No Brasil, a elevada taxa de internação hospitalar de idosos por fratura de fêmur vem sendo reconhecida como destacado problema de saúde pública. A perspectiva de invalidez e morte que o problema pode apresentar num contexto de aumento de custos e subfinanciamento crônico do setor saúde, são questões que devem ser estudadas à luz de novas perspectivas. No município de Olinda/PE, a taxa de internação por fratura de fêmur também é considerada elevada (21,4 para cada 10.000 habitantes), sendo a meta municipal 7,1 para cada 10.000 habitantes. Defende-se, no presente estudo, que um importante desafio da gestão municipal é aperfeiçoar a Rede de Assistência à Saúde - RAS na área de trauma ortopédico, por meio da integralização dos diferentes serviços componentes da rede de modo a alcançar os objetivos de promover a saúde e prevenir, tratar e reabilitar idosos nesta condição. Nessa perspectiva, buscou-se analisar iniciativas inovadoras na experiência de gestão da RAS vinculada ao SUS, acionada por idosos residentes em Olinda em casos de fratura de fêmur, tentando aproximar o campo de estudo sobre o processo de inovação e o campo de estudo sobre a gestão dos serviços de saúde, na tentativa de ampliar e atualizar o debate sobre a importância estratégica da inovação organizacional para a área da saúde pública. A abordagem metodológica adotada foi o estudo de caso, apoiado em entrevistas com gestores-chave da RAS em questão. Observou-se que a RAS de Olinda está em processo de estruturação, mas seu modelo de atenção ainda tem fortes características hospitalocêntricas e pouca ênfase em promoção da saúde. Iniciativas inovadoras isoladas na gestão da rede foram identificadas, entretanto não foi identificada política de inovação organizacional que estimule os agentes inovadores e a difusão de inovações através da rede. Conclui-se que a adoção de uma política de inovação focada na organização da rede de atenção à saúde de Olinda poderia contribuir para o alcance da meta proposta para o problema.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13205
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Inovação Terapêutica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO OLGA LIMA 2.pdf3.75 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons