Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1319
Title: Nova Tiazolidinona: síntese, caracterização estrutural e avaliação da atividade antidiabética
Authors: Juliana Dantas de Paula, Maria
Keywords: Tiazolidinadionas.;Receptor Ativado por Proliferadores de Peroxissoma Gama;Diabetes melitus
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Juliana Dantas de Paula, Maria; da Rocha Pitta, Ivan. Nova Tiazolidinona: síntese, caracterização estrutural e avaliação da atividade antidiabética. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: O diabetes mellitus (DM) é uma doença crônica que ocorre quando o pâncreas não secreta insulina suficiente (DM tipo 1) ou quando o organismo não utiliza adequadamente a insulina que produz (DM tipo 2). Nos últimos vinte anos, avanços importantes foram efetuados no controle da hiperglicemia, das dislipidemias e no tratamento da hipertensão arterial. Apesar disso, as doenças cardiovasculares continuam sendo a principal causa da morbidade e mortalidade em pacientes com DM. No DM tipo 2, a terapêutica é baseada em medicamentos que diminuem a resistência à insulina (metformina e tiazolidinadionas TZDs) e naqueles que estimulam a secreção de insulina (sulfoniluréias e glinidas). Um dos mecanismos de ação das TZDs se dá por meio da ativação de receptores nucleares denominados PPAR ("Receptor Ativado por Proliferadores de Peroxissoma Gama "). Os ativadores da isoforma PPARγ diminuem os fatores produzidos pelo tecido adiposo, como o TNFα. No presente estudo foi sintetizado um nova tiazolidinadiona, a 5-(3-indol)-benzilideno-3-(4-metilbenzil)-tiazolidina-2-4-diona (LPSF/GQ-11) para avaliação dos efeitos hipoglicemiante e hipolipidêmico. Para tanto, utilizou-se ratos Wistar com diabetes induzida por estreptozotocina, em baixa dose (42 mg/Kg). O composto LPSF/GQ-11 foi sintetizado a partir de uma reação de N-alquilação da tiazolidina com haletos de alquila, seguida de Adição de Michael com intermediário de Cope. O composto foi estruturalmente caracterizado por métodos espectrofotométricos, tais como infravermelho, ressonância magnética nuclear de hidrogênios e espectrometria de massas. O tratamento dos animais com o LPSF/GQ-11 +Insulina, durante 14 dias, revelou um melhor resultado hipoglicêmico. O grupo tratado com LPSF/GQ-11 10mg/Kg, mostrou um melhor resultado (79%) para o controle da glicose plasmática, quando comparado com o fármaco padrão, rosiglitazona. Não foi observado perda de peso corporal nos animais tratados com o LPSF/GQ-11 na dose 10mg/Kg/dia, com ou sem associação com insulina, quando comparados com o grupo controle normoglicêmico. O tratamento com o derivado LPSF/GQ-11 apresentou uma melhora no perfil lipídico, o que pode ser sugestivo de melhoria no risco cardiovascular
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1319
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo119_1.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.