Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12833
Title: Argumentação nas rodas de história: reflexões sobre a mediação docente na educação infantil
Authors: NASCIMENTO, Bárbhara Elyzabeth Souza
Keywords: Educação Infantil; Roda de história; Argumentação; Mediação docente
Issue Date: 31-Jan-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: NASCIMENTO, Barbhara Elyzabeth Souza. Argumentação nas rodas de história: reflexões sobre a mediação docente na educação infantil. Recife, 2012. 186f. : Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro de Educação , Programa de Pós-graduação em Educação. Recife, 2012.
Abstract: Neste estudo, buscamos investigar o trabalho de mediação de uma professora na condução de rodas de história, com vistas ao desenvolvimento de habilidades argumentativas de um grupo de crianças na última etapa da Educação Infantil. A pesquisa explorou os possíveis caminhos para a atuação da professora enquanto mediadora entre as crianças-ouvintes e os textos. Para isso, a docente foi solicitada a planejar cinco sessões de roda de história com o foco no desenvolvimento das habilidades argumentativas de seu grupo de crianças. Nos intervalos dessas sessões, ela também foi convidada para participar de encontros de discussão, reflexão e análise de sua própria prática. Tais encontros, mediados pela pesquisadora, ocorreram após cada uma das sessões de roda de história e neles a professora era confrontada com sua prática, assistindo a roda que havia conduzido e que estava registrada em vídeo. Assim como as sessões de leitura com as crianças, tais encontros de discussão com a docente foram videogravados e transcritos literalmente. A análise dos dados revelou que a professora era conhecedora de boas obras literárias para as crianças e que sabia fazer escolhas de textos com potencial argumentativo. Em todas as sessões também era perceptível seu comprometimento com o planejamento da roda que incluíam várias atividades antes e após a leitura dos livros para as crianças. No entanto, a docente não parecia conceber a conversa sobre o texto como uma atividade que por si própria poderia colaborar para construção de sentido e desenvolvimento de habilidades argumentativas. Na verdade, conforme pudemos perceber, a conversa sobre as histórias lidas não fazia parte de sua rotina com as crianças antes do início da pesquisa. Ao longo das sessões de leitura e encontros de discussão e reflexão com a pesquisadora, a docente foi aos poucos estabelecendo um tempo maior para conversar sobre os livros que lia. Apesar disso, no que se refere às intervenções de caráter argumentativo, a professora tendeu apenas a solicitar a opinião das crianças, sendo raras as vezes em que pedia justificativas ou estimulava o confronto de opiniões, o que ao nosso ver, constituem intervenções imprescindíveis para quem pretende promover a argumentação entre as crianças. Vale ressaltar porém, que os encontros em que a docente era confrontada com sua prática, revelaram-se importantes para aprimorar a capacidade crítica–reflexiva da professora. Tais encontros também evidenciaram a necessidade de implementarmos uma formação docente que priorize a reflexão sobre a prática e atribua à professora o papel de pesquisadora no complexo processo de produzir metodologias para o seu trabalho pedagógico com crianças pequenas.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12833
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_BÁRBHARA_ELYZABETH_SOUZA_NASCIMENTO___ÀREA_EDUCAÇÃO.pdf3.61 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons