Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12815
Título: O Curso de Especialização em Gestão Pública no contexto do Programa Nacional de Formação em Administração Pública
Autor(es): PASSOS, Adalberto Henrique
Palavras-chave: Políticas de formação de gestores; Programa Nacional de Formação em Administração Pública; Curso de Especialização em Gestão Pública
Data do documento: 30-Ago-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Este trabalho teve como objetivo analisar os referenciais normativos presentes no Projeto Pedagógico do Curso de Especialização em Gestão Pública na Modalidade Educação a Distância, que constitui uma das ações do Programa Nacional de Formação em Administração Pública (PNAP), e que vem sendo ofertado em uma instituição pública de ensino superior localizada no Estado de Pernambuco. Objetivou, igualmente, identificar percepções dos egressos deste curso a respeito do mesmo, bem como sobre os referidos referenciais. Utilizaram-se como dados os documentos normativos que compõem o Programa e o curso, como também informações levantadas por meio de aplicação de questionário e de entrevistas com os egressos do curso. Como enfoque teórico, empregaram-se elementos do modelo cognitivo de análise de políticas públicas e nas análises e tratamentos dos dados elementos da técnica de Análise de Conteúdo. As inferências obtidas, após o tratamento e exame dos dados, apontam que o Programa é implementado como solução proposta ao problema da não adequação da formação dos funcionários para a nova estrutura organizacional do Estado pós-constituição de 1988, tendo na capacitação profissional uma das soluções para o problema e no curso um dos seus instrumentos. No que se refere aos referenciais, observou-se que estes contêm tanto elementos do neoliberalismo, como elementos da perspectiva social democrata, expressando, indiretamente possíveis tensões e acordos nas definições tomadas. O conteúdo latente aparenta revelar orientações de uma perspectiva democrática de gerenciamento da coisa pública no Estado brasileiro. Na análise dos dados levantados junto aos egressos, observa-se que a qualificação obtida não alterou ou mesmo serviu para reforçar a percepção de que a melhoria da operacionalidade da atividade pública deve se basear nas relações democráticas e não no que apregoa a ótica gerencial de administração.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12815
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO ADALBERTO PASSOS.pdf1,87 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons