Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1278
Título: Difusão e transporte em meios porosos e colóides: um estudo através de imagens por ressonância magnética nuclear
Autor(es): Novais de Azevedo, Eduardo
Palavras-chave: Colóides; Fluorohectorita; IRM; Argilas; Zeóitas; Difusividade; Celulose
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Novais de Azevedo, Eduardo; Engelsberg, Mario. Difusão e transporte em meios porosos e colóides: um estudo através de imagens por ressonância magnética nuclear. 2009. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Ciência de Materiais, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: A aplicação da técnica de Imagens por Ressonância Magnética Nuclear (RMN) foi utilizada para a investigação de algumas das propriedades de três materiais de interesse: zeólitas, celulose (como filtros de papel) e Nafluorohectorita. Em todos estes três sistemas, exploramos as propriedades de difusão das moléculas de água em presença destes materiais, seja em solução salina, como no caso das fluorohectoritas ou pela penetração da água em amostras sólidas prensadas, como no caso das zeólitas e dos filtros de papel, na tentativa de buscar mais informações sobre efeitos de interações entre plaquetas, características estruturais das argilas, difusividade de transporte, etc. Duas técnicas distintas de Imagens por RMN foram utilizadas para a realização das medidas. Nenhuma destas técnicas foi anteriormente utilizada para investigar os sistemas que nos propomos a estudar. Um exemplo é a obtenção dos perfis de concentração de água em materiais com comportamento anômalo subdifusivo e determinação dos valores de difusividade em função da concentração. Outra originalidade desta tese é a utilização de Imagens por RMN para investigar as diferentes orientações das partículas de argila em uma mesma amostra, na qual a formação de fases e o efeito de ancoragem das partículas nas paredes do recipiente foram observados devido à diferença nos valores dos coeficientes de autodifusão da água para cada orientação ou ordenamento das partículas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1278
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Ciências de Materiais

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2052_1.pdf2,98 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.