Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12617
Título: Comparando Métodos Multivariados no Estudo de Determinantes da Cárie Dentária em Crianças
Autor(es): Melo, Márcia Maria Dantas Cabral de
Palavras-chave: Cárie Dentária; Criança; Condições Sociais; Serviços de Saúde; Análise Multivariada
Data do documento: 28-Fev-2012
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Objetivo: Explorar análises de modelos logísticos multivariados de abordagem hierárquica e convencional na investigação de determinantes da cárie dentária em crianças. Métodos: utilizou-se dados do inquérito de cárie realizado em 2006, na população de crianças (n=479) com cinco anos de idade da Estratégia Saúde da Família do Recife, Pernambuco, Brasil. A variável dependente foi ceo-d ≥1. As independentes foram organizadas em blocos: socioeconômico, contexto de vida e familiar, atitudes de cuidado em saúde bucal. Empregou-se, modelos logísticos multivariados de abordagem hierárquica e convencional. Para cada abordagem, estimou-se OR brutas e IC95% por bloco de variáveis. Variáveis associadas ao desfecho com p≤0,20 em análises univariadas foram incluídas nas análises multivariadas subseqüentes. Na análise hierárquica, um modelo conceitual multidimensional orientou a ordem de entrada das variáveis. As variáveis significantes, nas análises univariadas, foram submetidas à modelagem multivariada por bloco hierarquizado. Aquelas com p≤0,10 foram incluídas no modelo hierarquizado e ajustadas seguindo procedimentos pré-estabelecidos e permanência p≤0,10. Na análise multivariada convencional, após as análises univariadas, as variáveis significantes foram incluídas, conjuntamente, neste modelo para serem ajustadas e mantidas com p≤0,10. Resultados: Nos dois modelos finais predominaram nas explicações sobre ceo-d ≥1, fatores socioeconômicos e do contexto de vida. Alta densidade domiciliar, baixa escolaridade do cuidador; estudar em escolas públicas, procurar por tratamento/emergência odontológica e ingerir doces foram fatores associados nos dois modelos. A análise hierárquica incluiu, também, ocupação do pai e escolaridade da mãe. Conclusões: As duas abordagens encontraram fatores relacionados às precárias condições de vida na produção da cárie infantil. A modelagem hierárquica possibilitou identificar os determinantes distais, que exerceram influências sobre os de níveis inferiores e destes sobre ceo-d≥1, favorecendo uma interpretação dos resultados mais qualificada sobre a multidimensionalidade do problema estudado, além do planejamento das ações, segundo a ordem temporal ou lógica dos efeitos das variáveis sobre o desfecho.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12617
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Odontologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese Doutorado Odontologia UFPE 2012 Márcia MDCMelo.pdf2,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons