Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12551
Título: Técnicas de avaliação de empresas: estudos de caso aplicados ao setor de varejo de moda no Brasil
Autor(es): Fonseca, Guilherme Canavarro da
Palavras-chave: Avaliação de Empresas; Avaliação de Investimentos; Varejo de Moda; Fluxo de Caixa Descontado; Teoria das Opções Reais
Data do documento: 26-Fev-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A avaliação de empresas consiste em estudar qual é o real valor de uma companhia. Após estudo da literatura de avaliação de investimentos, verificou-se que há três principais técnicas de avaliação de empresas, quais sejam: avaliação por múltiplos; avaliação pelo método do fluxo de caixa descontado e avaliação de flexibilidade gerencial, através de aplicação da Teoria das Opções Reais. O Brasil foi o país em que o setor varejista têxtil mais cresceu no mundo na última década, fazendo tal setor ganhar cada vez mais relevância dentro da economia nacional. Por isso, decidiu-se utilizar o arcabouço teórico acerca avaliação de empresas, ao setor de varejo de moda, através de duas aplicações. A 1° aplicação visa “descobrir o valor” das principais varejistas de moda do Brasil, para isso utilizam-se as métricas mais tradicionais de avaliação de investimento que são a avaliação por múltiplos e a por fluxo de caixa descontado. Verificou-se que as empresas mais mal precificadas do mercado são Hering e Guararapes, e que uma substancial parte do valor das companhias está no período da perpetuidade, o que acarreta maior insegurança a estimativa de valor. Já a 2° aplicação visa utilizar a avaliação de investimentos para mensurar o valor de uma decisão estratégica para uma varejista têxtil consolidada no mercado, em abrir uma nova rede varejista de vestuário. Foi adotado um modelo binomial de Opções Reais para avaliar o valor da flexibilidade gerencial de se abandonar tal projeto. A metodologia adotada, neste estudo de caso, inclui além da abordagem do fluxo de caixa descontado e da teoria das opções reais, a utilização de técnicas auxiliares como a Simulação de Monte Carlo, e a regra E-V Markowitz. Verificou-se que tal projeto é uma opção estratégica válida, pois cria valor para a empresa, e que a flexibilidade gerencial de abandoná-lo acrescenta substancial valor na sua estimativa do Valor Presente Líquido do projeto.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12551
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Economia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Guilherme Canavarro.pdf4,65 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons