Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12526
Title: Avaliação genético-estatística de genótipos RB de cana-de-açúcar e proteômica associada ao estresse hídrico em genótipos oriundos de autofecundação em Pernambuco
Authors: DUTRA FILHO, João de Andrade
Keywords: Autofecundação;Biometria Experimental;Melhoramento Genético;Proteômica;Saccharum spp
Issue Date: 31-Jan-2014
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O Estado de Pernambuco é o segundo maior produtor de cana-de-açúcar da Região Nordeste. Entre os principais fatores que dificultam o incremento na produtividade estão a elevada interação genótipo x ambiente que se expressa na heterogeneidade dos solos, relevos acidentados e irregularidade das chuvas com longos períodos de estiagem. Objetivou-se com este trabalho avaliar o desempenho agroindustrial e proteoma de genótipos RB (República do Brasil) de cana-de-açúcar associado ao estresse hídrico nas microrregiões canavieiras do Estado de Pernambuco. Os experimentos foram conduzidos nas áreas agrícolas das usinas parceiras do Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-açúcar da Universidade Federal Rural de Pernambuco integrante da Rede Interunivertária para o Desenvolvimento do Setor Sucroenergético (PMGCA/UFRPE/RIDESA). A estatística genética e os modelos biométricos experimentais: Análise de variância, agrupamento de médias, decomposição da interação genótipo x ambiente e estratificação, estimação de parâmetros genéticos, de adaptabilidade e estabilidade e coeficiente de repetibilidade, foram aplicados. Foram realizadas análises bioquímicas, fisiológicas e moleculares (genômica funcional). As análises biométricas identificaram genótipos promissores a serem cultivados na região canavieira do Estado de Pernambuco contribuindo para um aumento de produtividade, através do coeficiente de repetibilidade verificou-se que é possível, reduzir, em até três anos agrícolas, o tempo de liberação de novos cultivares nas condições edafoclimáticas em estudo. Nos processos fisiológicos, não foram verificados efeitos indesejáveis da depressão endogâmica no clone de autofecundação em relação ao cultivar comercial. Desta forma a autofecundação pode ser utilizada no melhoramento genético da cana-de-açúcar no desenvolvimento de novos genótipos tolerantes ao estresse hídrico.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12526
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Genética

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE João de Andrade Filho.pdf1.9 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons