Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12508
Título: Estudos moleculares aplicados ao circovírus suíno tipo 2: desenvolvimento da técnica de Nested-PCR em tubo único (STNPCR) e descrição das variantes virais em Pernambuco
Autor(es): PONTES, Nayara Evaristo de
Palavras-chave: Circovírus suíno tipo 2; Nested-PCR em tubo único; Suíno
Data do documento: 31-Jan-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: O Circovírus suíno tipo 2 (PCV2) é um vírus sem envelope e contém um DNA fita simples circular com 1,7 kb de tamanho. O vírus pertence ao gênero Circovírus da família Circoviridae. O PCV2 é o agente etiológico da Síndrome Multissistêmica do Definhamento dos Suínos (PMWS), doença que causa grande impacto econômico na suinocultura mundial. O objetivo deste trabalho foi desenvolver a técnica de STNPCR para detecção do Circovírus suíno tipo 2 (PCV2) bem como avaliar a presença de diferentes variantes virais em Pernambuco. Foram utilizados controles positivos, negativos, e 55 amostras de tecidos de animais clinicamente normais obtidas em abatedouro. Para o desenvolvimento da STNPCR foram avaliadas diferentes temperaturas de anelamento para os primers externos e internos. A atuação de ambos os pares de primers foi realizada de forma independente, sendo que o segundo par de primers foi imobilizado na parte interna da tampa do microtubo e após a primeira etapa de amplificação os primers foram eluídos por inversão do microtubo. Além disso, foi realizada a análise de achado técnico buscando encontrar os genótipos do PCV2 já descritos no Brasil e mundialmente, os subtipos PCV2a e PCV2b. Na aplicação clínica, a STNPCR foi comparada com a NPCR e resultaram em reações positivas para o PCV2 em 100% (55/55) das amostras analisadas, revelando igual sensibilidade e especificidade, porém, com menor risco de contaminação cruzada. Na análise de achado técnico (sequências da ORF2 do PCV2), foi possível identificar os genótipos PCV2a e PCV2b. A técnica molecular STNPCR demonstrou ser eficaz para detecção do DNA viral e pode ser aplicada em estudos epidemiológicos para o PCV2 e auxiliar no diagnóstico laboratorial da PMWS.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12508
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Genética

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Nayara Evaristo Pontes.pdf1,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons